sexta-feira, 19 de fevereiro de 2016

Campeonato Paraense de Futebol - Todos os campeôes (de 1908 a 2015)



No total de títulos do Campeonato Estadual do Pará disputados, o Paysandu soma 45 títulos, contra 44 do Clube do Remo. A Tuna Luso Brasileira obteve 10 títulos, União Desportiva 2, o Independente de Tucuruí 1 e Cametá com 1.

O Clube do Remo exibe o feito de ser o único pentacampeão estadual da era profissional, com os títulos conquistados em 1992, 1994, 1995, 1996 e 1997. O Leão Azul também foi até agora o único clube a conseguir, na era do futebol profissional, um título estadual com 100% de aproveitamento, obtido no campeonato de 2004, quando o time remista, ao sagrar-se bicampeão paraense, somou 14 vitórias em 14 jogos.

Em seguida a relação dos campeões estaduais do Pará, de acordo com os números fornecidos pelo Banco de Informações da RÁDIO CLUBE DO PARÁ.


ANO CAMPEÃO ANO CAMPEÃO
1908 União Desportiva 1963 Paysandu
1910 União Desportiva 1964 Remo
1913 Remo 1965 Paysandu
1914 Remo 1966 Paysandu
1915 Remo 1967 Paysandu
1916 Remo 1968 Remo
1917 Remo 1969 Paysandu
1918 Remo 1970 Tuna Luso
1919 Remo 1971 Paysandu
1920 Paysandu 1972 Paysandu*
1921 Paysandu 1973 Remo
1922 Paysandu 1974 Remo
1923 Paysandu 1975 Remo
1924 Remo 1976 Paysandu**
1925 Remo 1977 Remo
1926 Remo 1978 Remo
1927 Paysandu 1979 Remo
1928 Paysandu 1980 Paysandu
1929 Paysandu 1981 Paysandu
1930 Remo 1982 Paysandu
1931 Paysandu 1983 Tuna Luso
1932 Paysandu 1984 Paysandu
1933 Remo 1985 Paysandu
1934 Paysandu 1986 Remo
1936 Remo 1987 Paysandu
1937 Tuna Luso 1988 Tuna Luso***
1938 Tuna Luso 1989 Remo
1939 Paysandu 1990 Remo
1940 Remo 1991 Remo
1941 Tuna Luso 1992 Paysandu
1942 Paysandu 1993 Remo
1943 Paysandu 1994 Remo
1944 Paysandu 1995 Remo
1945 Paysandu 1996 Remo
1947 Paysandu 1997 Remo
1948 Tuna Luso 1998 Paysandu
1949 Remo 1999 Remo
1950 Remo 2000 Paysandu
1951 Tuna Luso 2001 Paysandu
1952 Remo 2002 Paysandu
1953 Remo 2003 Remo
1954 Remo 2004 Remo
1955 Tuna Luso 2005 Paysandu
1956 Paysandu 2006 Paysandu
1957 Paysandu 2007 Remo
1958 Tuna Luso 2008 Remo
1959 Paysandu 2009 Paysandu
1960 Remo 2010 Paysandu
1961 Paysandu 2011 Independente
1962 Paysandu 2012 Cametá


2013 Paysandu


2014 Remo


2015 Remo

* A Justiça Desportiva confirmou o título que o Paysandu conquistou em campo, contra o Clube do Remo.
** O Clube do Remo se retirou do campeonato, denunciando uma suposta conspiração da FPF contra a agremiação azulina.
*** A Justiça Desportiva conferiu o título à Tuna Luso Brasileira, que havia sido derrotada em campo pelo Paysandu.
Fonte: Rádio Clube do Pará

8 comentários:

  1. Percebo a torcida tunante desanimada, em grande parte sumida. Aquela alegria que se fazia presente nas regatas entre os tunantes que compareciam, nos jogos de futebol da base e principalmente nos jogos do futebol profissional está ausente. A alegria momentânea das festas, do lazer no clube, não é suficiente. Os momentos atuais de fugaz alegria dos domingos de lazer, dos jogos de sócios e às vezes com a presença de ex-jogadores são algo muito pequeno para a grandeza de um clube com a história esportiva da Tuna. E vê-se diretores a sorrir, como se plenamente satisfeitos com o momento atual da Tuna, como se tivesse que se contentar com somente isso.
    Dá uma tristeza em ver este comodismo, este conformismo. Algo precisa ser feito de mais dinâmico em relação aos esportes na Tuna. É como se dissessem que a Tuna se tornou um clube só para o lazer dos sócios e ao mesmo tempo um espécie de museu, com troféus guardados, com fotografias arquivadas e as lembranças de um tempo glorioso que ameaça nunca mais voltar. Um pouco de práticas esportivas para algumas categorias esportivas que sobraram e pronto. Nada mais? É este o clube campeão dez vezes do campeonato paraense de futebol? É este o clube duas vezes campeão brasileiro? É este o clube que revelou Ganso e Geovani para o futebol brasileiro? É este o clube que ainda é o que tem mais títulos paraenses do campeonato de remo? É este o clube que foi tantas vezes campeão de futebol de salão? É este o clube que já viu muitos de seus atletas ganharem medalhas de ouro na natação? É este o clube o clube que nos anos 200o teve grandes conquistas no futebol feminino? É este o clube que brilhou nos anos 70, 80 e 90 nas categorias de base? É este o clube que em décadas passadas conquistou vários campeonatos no volei?
    Sim. Mesmo que as lembranças possam ir sendo enfraquecidas, há registros esportivos para quem quiser pesquisar. Um clube com uma bonita história nos esportes. Mas que infelizmente poderá se tornar apenas um clube de valorosas conquistas do passado. Como a Belém do "já teve", cujos prédios históricos que restaram estão como sobreviventes, restos de uma era de opulência.
    Ainda tenho esperança. Porém quanto mais tempo ficar a Tuna nesta situação, mais temo pelo seu futuro como um clube esportivo. Algo precisa ser feito! Márcio

    ResponderExcluir
  2. que nos anos 2000...

    ResponderExcluir
  3. Tuna tem que reativar seus esportes. Claro que de certa forma os atletas da Tuna "alimentam" Remo e Paysandu. Mas, sinceramente, gostaria de vê-los alimentar bem mais a própria Tuna e não que a Tuna seja uma mera fornecedora para os dois, de jogadores e outros atletas de outros esportes. A Tuna precisa formar times competitivos, com organização e estrutura. Não times formados em cima da hora, com um monte de garotos do sub-20 que ficam com a responsabilidade de "salvar" a pátria tunante. Podem sim ser aproveitados vários bons valores do sub-20 da Tuna e de outros clubes, mas não creio no sucesso sem alguns jogadores mais experientes, especialmente goleiros e atacantes. É minha opinião. O só "bom e baratinho" não está funcionando, embora eu não defenda que se saia contratando muito além da capacidade financeira da Tuna. Se a diretoria da Tuna quiser que a mesma consiga passar para a primeira divisão, terá de fazer certos investimentos. Se for repetir a mesma fórmula dos dois anos anteriores, temo que novamente não conseguirá subir. Márcio

    ResponderExcluir
  4. Notícias de outros clubes no futebol de salão que li hoje no Portal ORM: "Paysandu e Esmac recebem tabela da Taça Brasil de Futsal" (22 de fevereiro de 2016); "Precisando vencer, Papão pega Botafogo na Taça Brasil hoje" (01 de abril de 2016);"Time 'japonês' promete surpreender no Paraense de futsal" (15 de março de 2016); "Paraense do Remo é pré-convocado para a Seleção Brasileira" (12 de abril de 2016).

    E a Tuna????? Cadê notícia da Tuna????

    Tuna está apagada dos noticiários esportivos!!!!

    Márcio

    ResponderExcluir
  5. Acredito que a existência da Tuna como clube, sua situação, sua perspectiva do que será no futuro, como poderá recuperar sua posição de grande clube esportivo merece um debate, uma discussão entre vários tunantes que almejem a volta da grandeza esportiva da Tuna. Temos de analisar o que tem acontecido, analisar a realidade e vislumbrar soluções para os problemas. Atualmente percebo que há uma situação incerta, uma indefinição. Alguns esportes são mantidos como a natação e o futebol masculino de campo (precariamente), uma parte das categorias de base continua, o esporte náutico parece existir formalmente, porém de fato está sumido e tenta-se ressuscitar o basquete (mas com que objetivo?), outros esportes desapareceram mesmo (futebol de salão adulto, futebol feminino e volei adulto)e há o aparecimento súbito de times "master" (volei, futebol de salão), talvez para se manter a aparência de que a Tuna ainda valoriza seus esportes.
    Por outro lado, continua a parte de lazer do clube.
    Difícil ver portugueses em quantidade razoável na Tuna, alguns ainda aparecem quando nos jogos do "Parazão". Uma parte considerável dos filhos de portugueses em Belém não é tunante e o que ainda salva a Tuna em termos de torcida são seus torcedores de diversas origens (não propriamente luso-descendentes). O clube não é mais de elite ( a grande maioria dos portugueses e seus filhos com mais recursos se instalou no Grêmio).
    Portanto, considero a Tuna hoje em dia um clube de classe média média e classe média baixa em sua essência. Não voltará a ser um clube de elite e não conseguiu ainda ser um clube de massas.
    Minha análise é que seria uma tentativa vã tentar agora ser um clube elitizado. Não conseguirá. Passou o tempo disso. E para ser um clube de massas poderá demorar muito. Penso que a saída será fortalecer a área esportiva para atrair novos atletas em vários esportes e tornar a Tuna capaz de novo de conquistar títulos, ser campeã em diversos esportes. Atrair crianças, adolescentes e jovens para os esportes e quem sabe assim formar novos torcedores, revelar talentos esportivos e realizando também uma função social. Precisa atrair investimentos, conseguir parceiros e patrocinadores para os esportes.E, ao mesmo tempo,fortalecer a área de lazer com atrativos para os sócios. Como se fazer tudo isto, acredito que será preciso haver, como disse, debates, diálogos. Torcedores e gestores deveriam estar mais próximos.
    Do jeito que está não pode ficar muito mais tempo. Com o risco desta situação de indefinição agravar-se e piorar a realidade esportiva do clube. São minhas observações. Márcio Rodrigues

    ResponderExcluir
  6. É preciso resgatar os esportes da Tuna. Infelizmente, a Tuna não é mais respeitada como um clube vencedor. Alguns torcedores de outros clubes se referem a ela como um museu, um clube esportivo do passado. Faz-se necessário um plano de recuperação do clube, buscar meios de financiamento, parcerias, patrocínios, conseguir mais sócios.
    Ás vezes converso com filhos ou netos de portugueses e percebo que muitos não tem a mínima ligação emocional com a Tuna. Um empresário português com quem falei ano passado ao lhe perguntar se podia ajudar a Tuna o mesmo me disse: "Tuna? Ainda existe?" Soube de outros empresários portugueses que são torcedores de Remo ou Paysandu. Tenho primos, netos de portugueses que são remistas. E o pai deles que é filho de pai português sempre foi torcedor do Remo.
    Claro que há portugueses e descendentes que são torcedores da Tuna. Mas creio que são cada vez mais em menor número. Assim, há os que não são descendentes diretos que são tunantes, talvez a maioria dos torcedores da Tuna atualmente.
    Minha opinião é que se dentro dos próximos 3 anos a Tuna continuando nesta situação verá desaparecer em pouco tempo os seus esportes tradicionais e ficará sendo só um clube de lazer, no estilo do Pará Clube. Tendo apenas recordações de antigas glórias esportivas.
    Sinto tristeza por ver cada vez mais remistas e bicolores desdenharem da Tuna e a colocarem num plano muito inferior, apenas querendo que ela forme atletas para que Remo e Paysandu tirem proveito. Tuna está se tornando um clube estilo do América do Rio e ficando na situação da Portuguesa de São Paulo, que tem um linda história, porém com seus esportes sem destaque. Márcio

    ResponderExcluir
  7. Já estamos em maio. O que a diretoria da Tuna está fazendo em relação à formação de um time para a disputa da segunda divisão? Espero que não forme um time igual aquele último que fez vergonha em pleno estádio do Souza pegando de 5 a 0 na derradeira partida, ficando em último lugar entre todos os times. Márcio

    ResponderExcluir
  8. Já está na hora de ter um técnico bom para a disputa da segunda divisão e de ir fazendo contatos com jogadores para formar um time. Só jogadores do sub-20 não vão dar conta do recado. E a Tuna nem está mais revelando muitos jogadores talentosos no sub-20. O jeito seria ver jogadores que se destacaram no campeonato paraense que acabou há pouco tempo. Talvez a Tuna possa ter uns dois jogadores do sub-20 que possam ser aproveitados. Mas se for jogar com um time 80 ou 90% só de garotos da própria base teremos com certeza mais um fracasso.
    Márcio

    ResponderExcluir