BLOG TUNANTE

terça-feira, 23 de dezembro de 2014

Balanço do ano na Sede Náutica

O balanço de nosso trabalho este ano na Garagem Náutica é positivo. Positivo porque na situação em que pegamos essa centenária parte esportiva do Clube, onde na realidade onde a Tuna começou, estava praticamente abandonada, tanto na questão estrutural, como na parte de atleta, uma vez que quase todos, sem a estrutura, foram instados a se transferir para os nossos dois principais concorrentes.
Felizmente, contamos com o apoio de três companheiros que muitos nos ajudara: Gerardo Monteiro (Von), Mário Mangas e Jorge Luis, além de toda a Confraria da Sauna, que nos deu suporte financeiros, outros torcedores e associados que também passaram a colaborar com nosso trabalho, e da própria Diretoria do Clube, que sempre foi sensível e nos atendeu toda vez que nos dirigimos à ela, principalmente o Diretor de Patrimônio Augusto Monteiro, que foi um dos nossos maiores colaboradores.
Quando chegamos, em Fevereiro, a equipe, muito pequena, já estava montada. Pouco podemos fazer em termos de novos atletas, mesmo que tenhamos nos esforçado muito para fazer isso. Mesmo assim, decidimos que participaríamos do Campeonato de Remo promovido pela Fepar, embora preocupados com os custos.
Para que o leitor tenha uma ideia, só para participar a inscrição custa em torno de três mil reais. Cada transferência de atleta custa 150 reais. A inscrição de cada prova (ou barco) nas regatas, custa 50.
Fora isso tem a manutenção da Garagem, como o óleo para o barco da equipe técnica, café da manhã para os atletas, ajuda de custo para um ou outro atleta, passagens para atletas de fora. É uma média mensal de no mínimo dois mil reais.
Graças à criação de um carnê com o nome dos colaboradores, conseguimos uma arrecadação mensal, que não é grande, mas foi primordial para a manutenção de todos estes custos. Hoje temos em mãos documento dado pela Fepar de que a Tuna não deve nada à Federação de Remo. Uma vitória nossa,  de todos os colaborados
Uma feijoada que fizemos em Maio, que deu lucro de mais de sete mil reais, foi o que impulsionou e nos incentivou a seguir em frente, pois sabíamos da situação da diretoria do Clube, que não poderia ajudar com muita coisa.
O fato é que que conseguimos terminar o ano com um salde positivo de trabalho dos mais interessantes.
Além de participar de todas as quatro regatas,  inclusive com algumas vitórias, conseguimos melhorar a estrutura física da garagem, fazendo algumas melhorias e colocando à disposição do técnico e de atletas  melhorias significativas. Vale dizer, que estava carente de tudo.
Hoje, na nossa Sede Náutica temos uma excelente televisão com, uma máquina de lavar o chão, liquidificador, tudo doado pelos abnegados.
Foram colocados dois portões de metalon, em substituição às velhas portas que já não funcionavam mais. Na frente, colocamos um portão perto da porta, para proteger a entrada de pessoas indesejáveis.
Adquirimos um barco do Sr. Morgado. Pintamos toda a frente da Sede. Vale salientar, que foi um trabalho muito profissional e coma tinta de nossa cor original.
Conseguimos finalizar o trabalho de recuperação de dois banheiros, só estando faltando o acabamento, por falta de um profissional que ainda não encontramos. Mas o material, tipo lajotas, argamassa, já está todo no local da obra.
Pois é, caros amigos cruzmaltinos. Nesse momento só temos é que agradecer e dizer que no próximo ano estamos contando com o mesmo apoio, Já a partir de 1o. de Janeiro, estaremos sorteando um aparelho de televisão de 32 polegadas, com cartelas (apenas 100, de 001 a 100) a 25 reais cada cartela. Vamos sortear em final de Fevereiro, quando então já começaremos a trabalhar a feijoada, que pode ter duas no ano, a primeira no mês de Maio. Essa é a única fórmula que temos de lutar para conseguir recursos. 
Aproveitamos o momento para desejar a todos os nossos colaboradores e amigos,boas festas. E que o Ano Novo seja repleto de alegria, sucesso e sempre torcendo e apoiando a  nossa Tuna Luso Brasileira.
Fonte: Didascália

2 comentários:

  1. Peço que divulguem como adquirir as cartelas para a tv e depois para a feijoada. Vou ver o que posso fazer para ajudar. Poderei ficar com pelo menos uma cartela da cada promoção e oferecer para meu pai para ver se ele poderá ficar com pelo menos uma da tv e uma da feijoada. Márcio

    ResponderExcluir
  2. A ideia é exatamente essa. Optamos em fazer uma rifa com apenas 100 números para privilegiar a venda delas para colaboradores que costumam ajudar o clube. A TV foi doada e se vendermos todas as cartelas arrecadaremos R$2.500,00. Com esse numerário pretendemos finalizar os banheiros da garagem. A próxima etapa de reforma será a copa, o hall de entrada da garagem e a escada de acesso ao piso superior. Em maio pretendemos realizar a primeira feijoada do ano. Estudaremos outra promoções ao longo de 2015. A ideia do carnê foi frutífera e ajudou muito, motivo pelo qual deveremos renovar essa opção em 2015. Contamos com sua rotineira e importante colaboração. Feliz Natal!

    ResponderExcluir