segunda-feira, 28 de abril de 2014

Do blog TUDÃO e Tudinho

"IRRESPONSABILIDADE

Presidente da Tuna, Charles Tuma, diz que houve irresponsabilidade

Desde o dia 3 de janeiro deste ano que o sociólogo Charles Tuma, 36, é o presidente da Tuna Luso Brasileira.
Sabia que havia 4 meses os salários dos funcionários e alguns jogadores estavam atrasados.
Mas não sabia o tamanho da “naba” que o esperava no TRT – Tribunal Regional do Trabalho.
São ações trabalhistas que beiram R$ 1,5 mi. E o pior: a Tuna não tem como pagar e pode ter bens leiloados.
Quando a Tuna mais precisa, os lusos de carteirinhas estendem às mãos e ajudam o clube. Foi o que aconteceu com o presidente Tuma, que já pagou salários atrasados dos funcionários, reformou a boate, recuperou a piscina olímpica e trabalha a fim de aumentar o número de sócios adimplentes.
 
O blog conversou com o presidente Charles Tuma

TT – Sócios.
CT – Em 3 meses conseguimos triplicar: hoje a Tuna tem 500 sócios pagando seus títulos de sócios proprietários.
TT – Salários.
CT – De janeiro prá cá estão todos em dias. Os atrasados, com alguns, já negociamos.
TT – TRT.
MT – De dez a onze processos em Varas do Tribunal Regional do Trabalho de ex-jogadores e chegam a 1 milhão e meio de reais.
TT – Pagamentos.
CT – Se a Tuna for penalizada, parcelaremos..Mas o nosso jurídico está revendo essas ações, porque tem muita coisa que não é verdade.
TT – Jogadores trabalharam e não receberam.
CT – É verdade. Isso foi uma irresponsabilidad e não conduziram a Tuna com os pés no chão. É preciso zelar com os recursos dos sócios.
TT – Zé Carlos.
CT – Sem dúvida. Já conversamos com o treinador Zé Carlos. É um bom nome. Mas não fechamos nada com ele. O Zé Carlos faz parte de um grupo de pessoas que está tentando restruturar nossa base.
TT – A base.
CT – A nossa base está sendo mantida.
TT – Perdeu jogadores.
CT – Infelizmente, perdemos dois: Lucas e Júnior sairam por conta de empresário sem a Tuna saber de nada.
TT – Terceirização do futebol.
CT –Não é terceirizar: é um grupo de parceiros que possa investir no futebol da Tuna.
TT – Percentuais divididos.
CT – É verdade. Essa é a lógica.
TT – Sérgio, o ex-zagueiro.
CT – Ele faz parte do grupo que passa a vestir a camisa da  Tuna.
TT – Jobson.
CT – Fizemos convite… Ele está pensando.
É o que há!"

Um comentário:

  1. A luta é árdua sem dúvida. Mas é preciso batalhar para conseguir os meios para ter verbas que movimentem os setores na Tuna. Os tunantes, da forma que puderem, precisam ajudar. Márcio

    ResponderExcluir