BLOG TUNANTE

segunda-feira, 20 de janeiro de 2014

Recomeço ou começo do fim do futebol tunante?

Caros amigos, é triste comentar esse assunto mas é a pura verdade. Após 111 anos de fundação e quase 100 anos Glórias de futebol, a tradicional Tuna Luso encontra-se numa situação antes jamais imaginada. Muitos sinais foram dados mas nada foi feito. Sendo assim,  as consequências começam a aparecer. 
Depois das péssimas campanhas realizadas pela Tuna Luso nos últimos campeonatos de futebol, eis que em 2013 o que já estava ruim chegou ao fundo do poço. O time conseguiu ser rebaixado para a segunda divisão do fraquíssimo campeonato estadual.de futebol. Agora os sofridos torcedores cruzmaltinos terão de se conformar pois ficarão praticamente o ano todo de 2014 sem ver a Tuna Luso jogar futebol profissional. Terão de ficar assistindo jogos de outros campeonatos pela TV e aguardar a Copa do Mundo. O futebol da Tuna Luso, se é que terá, só voltará a partir de uma competição oficial no segundo semestre de 2014, quando disputará a segunda divisão do estadual, pasmem, a segundinha do Campeonato Paraense de Futebol! E ainda assim precisará conquistar uma das duas primeiras colocações para que tenha direito a disputar a primeira fase do Parazão de 2015. 
Será o recomeço de um novo tempo ou o começo do fim do futebol tunante?

Um comentário:

  1. É triste às vezes pensar que a Tuna com tantas glórias no esporte vê-se agora numa situação em que se vê poucos esportes se destacando. O futebol feminino e a natação são brilhos que tem permanecido. Tomara que continuem e se expandam! Mas outros esportes na Tuna precisam voltar a brilhar. Gostaria de ver a Tuna novamente uma rainha na regata, no volei e no futebol de salão como já foi por décadas. Voltar a vê-la ser campeã paraense de futebol profissional e se destacar no futebol nacional, revelando grandes atletas. Ter categorias de base vitoriosas!
    Não é fácil! Como conseguir? Queria ter a fórmula do sucesso! Uma coisa eu sei. Não devemos desistir! Procurar meios para conseguir verbas. Atrair patrocínios. Fazer projetos que possam conseguir apoios de entidades privadas e governamentais. Trabalhar com crianças, adolescentes e jovens para dar oportunidades a eles e ao mesmo tempo tornar a Tuna mais conhecida. Garimpar talentos esportivos os mais diversos, em vários esportes em nosso estado.
    Nossa Tuna precisa voltar a ser respeitada! Precisa ser aquela grande estrela brilhando no céu do Pará! Não devemos desistir! Temos que perseverar! Tuna sempre!
    Márcio

    ResponderExcluir