domingo, 29 de dezembro de 2013

Fez história no Remo, Paysandu e Tuna


As investidas ao ataque pelo lado direito do campo, feitas por Mário Assunção de Carvalho, o Marinho, ainda povoam a mente dos torcedores que costumavam frequentar os estádios locais do início da década de 1960 aos primeiros anos de 80. Foi durante este período que o ex-jogador escreveu sua história de muitas glórias no futebol do Pará e do Brasil. 

Marinho, hoje aos 61 anos, faz parte de um seleto grupo de ex-jogadores que conseguiram a façanha de levantar títulos pelos três principais clubes de futebol de Belém: Remo, Paysandu e Tuna Luso. E o primeiro deles foi conquistado em 70, pela Lusa, que tinha um timaço na época. “É um dos principais times já montados pela Tuna”, recorda. “O curioso é que a equipe era quase toda ela formada por jogadores vindos da base da própria Tuna”, complementa.

O ex-jogador cita os casos de Mesquita, Olacy, Leônidas, entre outros, oriundos da base tunante. Como jogador formado na base, Marinho é hoje um crítico mordaz da falta de atenção que os dirigentes destinam a formação de jogadores. “Esse é um dos maiores erros do nosso futebol”, acusa. “Não existe o menor respeito pela garotada”, dispara.

Ele faz um comparativo entre a sua época e os dias atuais na formação de jogadores pelos clubes locais. “No meu tempo, a garotada fazia as preliminares dos jogos. O futuro profissional já podia ir sentindo o peso de jogar com a torcida. Hoje isso não ocorre mais”, salienta. “Dizem que chove muito em Belém. E quando foi que deixou de cair a nossa chuva tradicional?”, indaga. Depois da primeira conquista pela Lusa, Marinho passou a colecionar títulos estaduais, a grande maioria deles pelo Remo: 1974/75/77/78/79, quando o Leão recebeu, acertadamente, do radialista Jorge Dias o apelido de “A Máquina”.

A ida para o Fluminense-RJ, em 1980, permitiu a Marinho não só trabalhar sob o comando de Mário Lobo Zagalo, mas também o único título fora do Pará. O ex-lateral sagrou-se campeão carioca, num time que tinha, entre outros, Paulo Gullar, Rubens Galax, Cláudio Adão e algumas outras feras.

De volta ao futebol paraense, o ex-defensor ainda sagrou-se campeão paraense pelo Paysandu, em 1984. Encerrada a carreira, Marinho passou a treinar alguns times menores, caso do Castanhal, Bragantino até chegar a fase de preparador de goleiros do Paysandu, quando levantou o título mais importante de sua trajetória no futebol, o de campeão da Série B do Brasileiro, em 1991.

Casado, pai de três filhas e avô de dois netos, um deles Vinícius, de 10 anos, sonha em ser jogador, Marinho diz que sua vivência no futebol chegou ao fim. “Não me sinto mais estimulado a voltar a trabalhar no meio”, avisa. “O que faço hoje é apenas me limitar a ir aos estádios para assistir aos jogos”, conta. 

Marinho, porém, não esconde que os domingos são quase sempre de melancolia para ele. “Até hoje sinto falta de entrar em campo e como todo mundo sabe, o domingo é o dia do futebol. Por isso sinto saudades”, revela. E não é apenas ele. O torcedor mais antigo também sente a falta do lateral que defendia com eficiência e atacava como se fosse jogador de frente.

Fonte: Diário do Pará

domingo, 22 de dezembro de 2013

TAMBÉM!

Brasil é campeão do mundo no Handebol feminino. O Brasil venceu a Sérvia pelo placar de 22 x 20 na final do campeonato, conquistando título inédito em sua história. 


2º Ato contra a corrupção no futebol Brasileiro

Foto: Facebook/divulgação/Garba Rodrigo

O 2º Ato contra a corrupção no futebol brasileiro aconteceu neste domingo (15h), em frente ao MASP (SP). Muitos torcedores e simpatizantes da causa estiveram presentes para dar apoio ao movimento. Agora é esperar para que a justiça ocorra de verdade, mas caso não aconteça o movimento promete voltar para ruas mais uma vez!


Foto: Facebook/divulgação/Garba Rodrigo

Futsal da Tuna em São Paulo

Foto: Facebook/divulgação


Ontem, nas Oitavas de finais, a Tuna Luso fez 4 x 0 sobre o São Caetano. Hoje, durantes as quartas de finais, a Tuna Luso venceu por 1 x 0 diante do Sespro São Paulo,e logo mais, nas semi finais, a Tuna joga contra o Canteiro São Paulo. Que seja feita a vontade de Deus. Tuna Futsal na veia. Vamos Tunaaaaaaaa!!!

sexta-feira, 20 de dezembro de 2013

Talents Cup 2013 - São Paulo

Futsal da Tuna Luso no Torneio Talents Cup 2013, em São Paulo-SP. Sob coordenação do diretor Jânio.

Jogo encerrado categoria sub 15: Tuna Luso 4 x 1 AABB (Rio de Janeiro). Valeu Galera da Tuna, é Futsal na veia.



Talents cup 2013. Estreia da equipe sub 11 da Tuna Luso contra o atual Campeão Canteiros: Tuna Luso2 x 2 Canteiros.

terça-feira, 17 de dezembro de 2013


Direto do site da Tuna Luso

Tuna Luso já tem futuro planejado


Ainda é cedo para apontar soluções, mas já se sabe que há muito para fazer. Mas, contrariando os prognósticos mais pessimistas, o trabalho não é tão difícil. “Temos que fazer a base, o ABC, para as coisas começarem a caminhar”. Com essas palavras o novo diretor de Marketing da Tuna Luso Brasileira, Marcos Paulo, afirma que deve conduzir seu trabalho quando a nova direção cruzmaltina, do presidente Charles Tuma, assumir o clube a partir de janeiro.
Com formação em Educação Física, Marcos diz que sua experiência com marketing e venda vem da sua experiência como corretor de imóveis. “Não se trata de algo do outro mundo, mas precisaremos bater de porta em porta nos anunciantes, pequenos, médios e grandes, para reunir todos que aceitem embarcar nesse projeto de reerguer a imagem da Tuna Luso, que é um time muito amado apesar da atual fase ruim”, destacou o novo diretor. Uma das primeiras ações que o novo diretor pretende empreender é averiguar, junto à atual direção, quantos contratos o clube tem em vigor para os próximos anos.
Sobre o futebol como alavanca de marketing, Marcos afirma que esse virá através do investimento na equipe sub-20. “Não temos como investir em jogadores, como o Remo vem fazendo, mas a força da Tuna sempre veio da sua base e é ali que pretendemos voltar a valorizar a camisa do clube e torná-lo respeitado outra vez. Um novo técnico assume o grupo em janeiro e esperamos que, a partir desse trabalho, possamos montar uma equipe base para as competições profissionais”, disse.

segunda-feira, 16 de dezembro de 2013

sábado, 14 de dezembro de 2013

Festa da democracia na Tuna

 
Charles Tuma (C) é o novo presidente da Tuna Luso para o biênio 2014/2015.
  
Por uma diferença de 37 votos, a Chapa 1 "Nova Tuna" (172 votos) foi a vencedora das eleições realizadas na noite desta sexta-feira (13), na sede da Tuna Luso. A Chapa 1 "Luso Brasileira" ficou em segundo lugar com 135 votos, enquanto que a Chapa 2 "União Cruzmaltina" terminou em terceiro com 75 votos. Alguns importantes associados que eram esperados, infelizmente não compareceram para votar, fato que pode ter feito a diferença no resultado final. 
Valeu pela grande mobilização proporcionada pelos componentes das três chapas, além da presença do associado que prestigiou o pleito, criando um clima de festa e democracia. Não foi registrado nenhum incidente ou coisa parecida, transcorrendo tudo na santa paz. 
No final da contagem dos votos, por volta das 23 horas, foi anunciada a chapa vencedora. Charles Tuma foi proclamado presidente da Tuna. O candidato Mário Mangas parabenizou o vencedor e se comprometeu em dar o seu apoio para a nova gestão. 
Esperamos agora que a nova diretoria que assumirá a gestão do clube no biênio 2014/2015 consiga realizar uma boa administração, conduzindo o clube numa direção de resgate das tradições e novas conquistas.

 
 
 
 
 

quinta-feira, 12 de dezembro de 2013

MEMÓRIA TUNANTE

A Tuna, a torcida e o clube

Um belo parque aquático, campo próprio, um bom ginásio…

"O patrono Raimundo Fidalgo, contudo, nega que a torcida da Tuna seja assim pequena:
- O que acontece é que a torcida da Tuna está sendo humilhada nos estádios e acovardou-se. Tanto que, em 1970, quando conquistamos nosso último título estadual, a turma comparecia e tivemos sempre boas rendas.
… a Tuna é o clube de maior patrimônio e quadro social de Belém

O presidente César Matar concorda com a tese:
- O que dá torcida são os títulos de futebol. Hoje, a torcida do Remo está por volta de 45% da população e a do Paissandu em 40%, restando 15% para a Tuna. Se ganharmos campeonatos, esta situação poderá melhorar.

Fonte: Placar 10 de setembro de 1976
Fonte: Blog Memória Tunante

domingo, 8 de dezembro de 2013

Em busca de um futuro melhor

Chegamos ao fundo do poço amigos cruzmaltinos! Agora, depois de tantos desencontros, só nos resta juntar os cacos e tentar reconstruir nosso centenário e mal tratado clube. Aqueles que já se foram e muito nos deixaram, merecem uma resposta positiva daqueles que hoje fazem a Tuna Luso. Sendo assim, todos nós estamos convocados para, de alguma forma, reiniciar essa dura jornada em busca do resgate e da diginidade cruzmaltina. Não dá mais para continuar como estamos. 
Venha e participe você também!

Bons tempos!

domingo, 1 de dezembro de 2013

Clube do Remo vence última regata e é o campeão da temporada

Assim como nos campos de futebol, na Regata a Tuna também não vai nada bem. Na manhã deste domingo (01), nas águas barrentas da Baía do Guajará, aconteceu a última Regata do campeonato estadual de 2013. O Clube do Remo foi o campeão da temporada, seguido pelo Paysandu (vice), e em terceiro a Tuna Luso. A novidade desta prova foi a estreia das mulheres (27 mulheres no total) no Oito Com, vencido pelo Paysandu. 

Foram onze páreos ao todo, com oito vitórias para Clube do Remo e três para o Paysandu. A pontuação final da Regata foi de 38 pontos para o Remo, 17 para o Paysandu 06 para a Tuna Luso. No geral a classificação ficou com 172 pontos para o Remo, 124 para o Paysandu e apenas 47 para a Tuna Luso.

 
Foto: Fábio Will (Portal ORM)

27 mulheres honrando o esporte de remo e fazendo o Paysandu entrar para a história como a primeira agremiação paraense a vencer a prova do Oito gigante feminino'
Fonte: ORM

Tuna volta a perder e pode cair para a segundinha em 2014

PLACAR DA 6ª RODADA
Time Negra 1 x 1 Gaviao 30/11/2013 SAB 15:30 Curuzu
Parauapebas 1 x 0 Castanhal 01/12/2013 DOM 17:00 Parauapebas
Tuna 0 x 1 Independente 01/12/2013 DOM 09:30 Souza - Belem
Sao Raimundo 3 x 0 Águia 01/12/2013 DOM 17:00 Santarem
 
JOGOS DA 7ª RODADA
Tuna x Castanhal 07/12/2013 SAB 15:30 Souza - Belém
Independente x Gaviao 07/12/2013 SAB 15:30 Tucurui
Aguia x Time Negra 07/12/2013 SAB 15:30 Marabá
Sao Raimundo x Parauapebas 07/12/2013 SAB 15:30 Santarém

CLASSIFICAÇÃO
POS TIMES PG J V E D GP GC SG AP
Independente-PA 15 6 5 0 1 12 7 5 83.3
Gavião-PA 12 6 3 3 0 7 3 4 66.7
Águia-PA 10 6 3 1 2 12 10 2 55.6
Parauapebas-PA 9 6 3 0 3 9 10 -1 50.0
São Raimundo-PA 9 6 2 3 1 7 4 3 50.0
Castanhal-PA 4 6 1 1 4 7 10 -3 22.2
Time Negra-PA 4 6 0 4 2 6 10 -4 22.2
Tuna Luso-PA 2 6 0 2 4 2 8 -6 11.1

 Temos a obrigação de oferecer um futuro melhor para esses jovens torcedores.
Jovens torcedores cruzmaltinos estiveram presentes na manhã deste domingo, no Souza, quando a Tuna perdeu para o Independente pelo placar de 1 a 0. No próximo domingo (08) a Tuna joga contra o Castanhal (também no Souza), se vencer permanece na 1ª fase do paraense em 2014, caso perca ou empate será rebaixada para a segundinha no próximo ano. Terá também de torcer para o Time Negra não vencer o Águia, em Marabá.