quinta-feira, 22 de novembro de 2012

Tuna Luso na imprensa



Tuna realizou amistoso no Estádio do Souza (Foto: Antonio Cícero)
Duas vezes campeã nacional e tentando voltar aos melhores dias, a equipe da Tuna Luso Brasileira retoma o pensamento para o Campeonato Paraense 2013, adotando as medidas ‘caseiras’ e de baixo custo dos últimos anos.
Alguns amistosos estão sendo realizados como maneira de formatar uma equipe e descobrir novos talentos para o futebol tunante, que vive sério problemas financeiros.
Contra um selecionado do Clube Bancrévea, com participação de jogadores da Alunorte Rain Forest, a Lusa perdeu por 2 a 0, com destaque para alguns jogadores, como os meias Wilham de Castro e Guilherme Muller, o volante Diego André e o goleiro Airton Barros.
Além da garotada observada em amistosos e realização de testes no Estádio do Souza, o presidente Fabiano Bastos confirmou que alguns jogadores ‘experientes’ serão integrados ao elenco cruz-maltino.
“Nós buscamos jogadores em outros clubes, mas jogadores experientes, não velhos. Exatamente para trazer essa experiência para a garotada”, comentou o presidente Fabiano Bastos.
(DOL, com informações do Diário do Pará)

4 comentários:

  1. Perder agora pode. Os jogadores ainda não pussuem entrosamento e dá para analisar as posições que precisam de jogadores. Tem que aproveitar o tempo que temos antes da estreia. Treinar e contar com um grupo competitivo. Se preciso, deve-se contratar jogadores que supram as carências.E buscar urgentemente patrocínios que possam ajudar financeiramente a Tuna!
    Márcio

    ResponderExcluir
  2. Empresários tunantes! Empresários paraenses! Quem se oferece para patrocinar a Tuna? Um clube histórico, um clube tradicional que tem ligações luso-brasileiras! Um clube que revela atletas, que contribui com o esporte e para a socialização de crianças e adolescentes numa sociedade onde hoje em dia há tanta violência! A Tuna tem seu valor! O quanto ela já contribuiu para o esporte no Pará? Vamos lá! A Tuna fazendo bonito dará valor ao investimento e poderá ir mais longe. Acreditem na Tuna e ajudem a impulsionar um clube que pode voar alto, mas que está precisando de um incentivo! Os que tiverem algum vínculo afetivo com a Tuna e tem condições de dar este apoio financeiro vão deixá-la de lado? Pensem nisso! Tuna também é Belém, é Pará, é Amazônia, é um elo entre lusos e brasileiros!
    Márcio

    ResponderExcluir
  3. Paysandu receberá R$ 326 mil do Santos por PH Ganso
    Alvinegro praiano deve depositar quantia até a próxima semana-Portal ORM.
    E a Tuna? Não tem direito algum por revelar?
    Márcio

    ResponderExcluir
  4. Caso o Marajó não seja o técnico que vai ficar todo o campeonato paraense, se for apenas provisoriamente, um nome interssante seria o do Samuel Candido. A fase de acesso está terminando. Talvez fosse bom fazer uma sondagem. É preciso que a Tuna tenha técnico e time definidos o quanto antes! O tempo está ficando curto. Márcio

    ResponderExcluir