terça-feira, 29 de novembro de 2011

Boletim da Tuna Luso e da ATAT

por: Henrique Amado

Obs: Para escutar a matéria faça uma pausa e/ou desligue o MP3 de Music Playlist acima do blog.

Tuna Luso na imprensa

Tuna luso agora seca o Leão Se o lanterna Sport vencer o São Francisco, amanhã, a Águia do Souza ficará definitivamente com o topo da tabela




A vitória por 3 a 1 sobre o Castanhal, na manhã do domingo passado, deu à Tuna Luso a classificação para a fase principal do Campeonato Paraense 2012, a partir de janeiro, com uma rodada de antecipação. Além disso, o time pode assegurar o primeiro lugar da fase preliminar até o fechamento desta rodada, amanhã, quando se enfrentam Sport Belém e São Francisco, no Souza. Para tanto, porém, será necessário um improvável triunfo do lanterninha do torneio sobre o Leão Santareno, vice-líder, com dez pontos.

Caso isso ocorra, a partida diante do mesmo Sport Belém, no próximo domingo, às 9h30, dentro de casa, se tornará um simples amistoso para a Lusa. Um jogo de faixas, já que o time cruzmaltino teria assegurado a posse do Troféu Aclep (Associação de Cronistas e Locutores Esportivos do Pará). Justamente por isso, são grandes as chances de Samuel Cândido colocar uma formação mista no derradeiro compromisso tunante nesta etapa da competição estadual.

O treinador cruzmaltino prefere não antecipar nada. O elenco, que ganhou folga na segunda-feira, volta a trabalhar somente hoje e, mesmo assim, para um trabalho físico. Somente a partir de quarta-feira é que Cândido vai começar a planejar a montagem do time.

"Tenho de pensar com calma, ver como vai ser o encerramento da rodada. Podemos garantir a primeira colocação antes mesmo de entramos em campo no final de semana. Se isso acontecer, poderei tirar alguns jogadores. Mas o mais importante é que tenho uma semana livre; dá para recuperar fisicamente o grupo inteiro", disse Samuel Cândido.

De qualquer forma, o comandante poderá contar com os reforços do zagueiro Cristóvão e do ala canhoto Esquerdinha, que cumpriram suspensão contra o Castanhal e agora estão novamente à disposição da comissão técnica. Com isso, Max Melo e Emerson Fitti voltam ao banco de reservas.
fonte: Amazônia Hoje - edição 29/11/2011.

segunda-feira, 28 de novembro de 2011

Divisão do Pará pode criar 3 Estados deficitários, diz Ipea

Carajás terá déficit de pelo menos R$ 1 bilhão anual, Tapajós, de R$ 864 milhões, e o Pará remanescente, de R$ 850 milhões

Com pouco dinheiro, unionistas apostam em celebridades no Pará
Divisão do Pará pode criar 3 Estados deficitários, diz Ipea

Estudos apresentados hoje (28) pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) mostram que, em caso de separação do Pará em três Estados, no plebiscito que se realizará no dia 11 de dezembro, todos eles nascerão deficitários. Enquanto o Pará registra atualmente um superávit anual de aproximadamente R$ 300 milhões, subtraindo suas despesas da receita orçamentária, Carajás terá déficit de pelo menos R$ 1 bilhão anual, Tapajós, de R$ 864 milhões, e o Pará remanescente, de R$ 850 milhões.
 

A campanha esquenta:
- Governador do Pará diz que plebiscito cria ressentimento e mágoa
- Movimento pede boicote a deputados que pregam divisão do Pará
- Tacacá e Belém são estrelas do início da campanha do plebiscito
- Receita dos municípios vira alvo de disputa em campanha
- Exército vai reforçar segurança durante plebiscito
- Com pouco dinheiro, unionistas apostam em celebridades no Pará

Famosos:
- Celebridades fazem campanha contra a divisão do Pará
- Fafá de Belém é contra divisão do Pará e diz que Estado é "soma dos seus cheiros"

De acordo com pesquisa semelhante feita pelo Instituto de Desenvolvimento Econômico, Social e Ambiental do Pará (Idesp), os déficits podem ser maiores, dependendo dos investimentos necessários em infraestrutura. Isso poderia levar a desequilíbrios financeiros e implicações para infraestrutura, equipamentos públicos e outros investimentos.

Mais sobre a criação dos novos Estados:
Defensores de divisão do PA enfrentam ações na Justiça
Criação de novos Estados divide opiniões no Pará
Criação de Estados aumenta gastos do governo federal
Como ficaria o Brasil com os novos Estados
Plebiscito sobre divisão é marcado para 11 de dezembro
Divisão é patrocinada por ruralistas e evangélicos
Carajás tem 7 das 50 cidades mais violentas do Brasil
Marabá é 4ª cidade mais violenta do Brasil
Campanha deve custar cerca de R$ 20 milhões

Para a técnica do Idesp Lúcia Andrade, mesmo que o Estado não seja separado, as discussões e pesquisas realizadas recentemente indicam e poderão levar a “um novo modelo de desenvolvimento”, que possibilite uma descentralização dos investimentos e das decisões de governo.

O coordenador do Núcleo de Meio Ambiente da Universidade Federal do Pará (UFPA), Gilberto Rocha, considera que a população paraense teve pouco tempo para discutir sobre seu futuro. Além disso, ele ressalta que 66% do território do Estado são compostos de terras federais, incluindo unidades de conservação, assentamentos, áreas indígenas, onde o governo estadual não tem autonomia.

Tanto Rocha quanto Lúcia Andrade disseram esperar que, apesar do tempo reduzido para as discussões e pesquisas sobre a divisão, a metodologia usada para estudar as consequências da divisão do Pará sirva para outros casos no futuro. Atualmente, existem 23 projetos de divisão de regiões tramitando no Congresso Nacional, mais do que na época da Constituinte, em 1988, quando eram 17, segundo os pesquisadores.

No plebiscito do dia 11, sobre a divisão do Estado, os eleitores do Pará responderão a duas perguntas: a primeira, se eles são a favor ou contra a criação do Estado do Tapajós. Em seguida, os paraenses responderão se são favoráveis ou não à criação do Estado de Carajás. A ordem das perguntas foi definida em sorteio, pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). O voto é obrigatório para quem tem título de eleitor do Pará, e os que estiverem fora do domicílio eleitoral têm o prazo de 60 dias para justificar a ausência.
fonte: Agência Brasil 28/11/2011 20:56


Entrevista de Samuel Cândido para Super Rádio Marajoara

http://www.4shared.com/audio/6-CPbE-r/28NOVSEG_-_BOL_TUNA_02_-_MARCH.html

Tuna Luso está classificada. A campeã voltou!

Senhoras, senhores e crianças, respeitável público, o espetáculo vai começar!
Sob forte sol e um público mesclado de antigos e jovens torcedores da tuna, com famílias inteiras prestigiando o evento esportivo, o velho estádio do Souza foi palco de mais um espetáculo de futebol.

Torcedores de todas as idades prestigiaram o evento esportivo deste domingo, no Souza.

O amigo Garcia (E) veio de Macaé-RJ especialmente para ver o jogo da classificação tunante.

A Kombi tunante chegou lotada, sem freio, mas com segurança ficou aguardando os torcedores tunantes no estacionamento do Souza. O sistema de som do estádio tocava músicas e anunciava o jogo Tuna Luso e Castanhal pela 6ª rodada da primeira fase do Campeonato Paraense de Futebol 2012.

Sempre torcendo pela Tuna Luso. 

O jovem torcedor cruzmaltino, filho do tunante Claudionor.

A torcida tunante esperava ansiosa o início do jogo pois sabia que com a vitória o time selaria sua classificação para a fase principal com uma rodada de anteciação.

O melhor lugar para o encontro de velhos amigos.

Os colaboradores da ATAT arrecadaram doações dos torcedores no intervalo para ser entregue como premiação aos jogadores da Tuna. O total arrecadado foi de R$550,00 e após o jogo foi entregue ao capitão Analdo para ratear entre os jogadores.

goleiro Alan (Tuna) fez verdadeiros milagres e defendeu diversos chutes que poderiam se tranformar em gols para o Castanhal.
O início do jogo não foi nada fácil, deixando o torcedor tunante aflito em alguns momentos.

Famílias e torcedores de todas as idades prestigiaram o jogo.

O torcedor tunante enfrentou o forte calor e não arredou pé da arquibancada. No final foi recompensado com a classificação.


Aos poucos a Lusa foi dominando o meio campo e jogo, transformando em alegria a ansiosidade inicial aos 36 minutos, quase no final do primeiro tempo, o zagueiro Rubran abriu o placar em favor da Tuna.
No intervalo o técnico Samuel Cândido aproveitou para acertar alguns detalhes táticos para o segundo tempo. 

A jovem torcedora fez o V da vitória.
  
Tempo técnico utilizado por Samuel Cândido para passar instruções táticas aos jogadores.

O segundo tempo iniciou e logo  há um minuto e meio fez 2 a 0, com Emerson Fitti, dando uma certa tranquilidade para o time. Com o placar de 2 a 0 a Tuna administrou o jogo até que aos 40 minutos, numa falha da zaga tunante, o atacante Hélcio fez o seu gol.

Detalhes do jogo visto da arquibancada do tobogã.

Família unida torcendo pela Tuna. 


Logo na saída de bola, Cassiano, que havia entrado no lugar de Charles, na sua primeira participação no jogo marcou o terceiro tento da Tuna, selando o placar de 3 a 1. A Lusa chegou aos 14 pontos, com quatro vitórias e dois empates.

Outro momento em família.

O amigo Valdo Souza, radialista, apresentador de TV e torcedor de carteirinha da Tuna, junto com sua família prestigiando a Tuna.

A classificação foi muito comemorada por torcedores, jogadores e comissão técnica.
Na última rodada, joga contra o Sport Belém apenas para cumprir tabela e possivelmente sacramentar o título de campeã e receber a Taça Aclep.  Com esse placar o árbitro finalizou o jogo e a Tuna conseguiu sua classificação para a fase principal com uma rodada de antecipação, de forma invícta e com 100% de aproveitamento em jogos dentro de casa. 

Mesmo sob um forte sol, o torcedor não largou o alambrado para poder torcer de perto pela Tuna.


Na oportunidade, o técnico Samuel Cândido apelou à comunidade luso-brasileira pedindo união de todos em torno do clube para não deixarem mais a Águia do Souza fora da elite do futebol paraense. ‘’Neste momento em que todos estão comemorando, seria muito valioso firmar uma união de grupo. A Tuna é muito forte e grande demais para ficar abaixo dos outros’’, versou Samuel para a imprensa.

A comemoração de Mangabeira na sede social.O problema agora é segurar a comissão técnica e alguns jogadores considerados chave. Sabemos que será uma tarefa difícil contar com esse mesmo plantel para a segunda fase. Para que tenhamos essa certeza, será necessário o empenho da diretoria tunante que deverá traçar um plano de ação visando evitar a saída desses jogadores.


A Tuna Luso terá que realizar eleições no proximo dia 14 de dezembro, quando será escolhida a nova diretoria para 2012 e 2013 e o novo Conselho Deliberativo (quatro anos). O novo Estatuto do clube já está em vigor e tanto a diretoria como o Conselho do clube serão escolhidos de forma direta pelo associado. Somente após essa escolha da nova diretoria é que saberemos qual será o destino do plantel e da comissão técnica cruzmaltina. Enquanto isso o torcedor terá que esperar e aproveitar o momento de alegria.  

TUNA
Alan; Hélder (Diego), Max Melo e Rubran; Sinésio, Euller, Analdo, Diego Silva e Emerson Fitti: Charles (Cassiano) e Rodrigo.
Técnico: Samuel Cândido.

CASTANHAL
Labilá; Tiago, Preto Barcarena (Abimael), Preto Marabá e Souza; Lê, Sandro (Jean), Santiago e Michel; Hélcio e Marquinhos Izabelense(Jaílson).
Técnico: Fernando Silva.

Local: Souza (Belém)
Renda: R$4.230, 00
Público: 523 pagantes
Árbitro: Cláuber José Miranda
Cartões amarelos: Rubran e Sinésio (Tuna); Sandro (Castanhal).
Gols: Tuna 1 a 0 - Rubran - 36’ do 1º tempo / Tuna 2 a 0 - Emerson Fitti - 1’30’’ do 2º tempo / Castanhal 1 a 2 - Hélcio - 40’ do 2º tempo / Tuna 3 a 1 - Cassiano - 42’ do 2º tempo.

sexta-feira, 25 de novembro de 2011

Tuna Luso treina forte visando jogo contra Castanhal

O ambiente entre comissão técnica e jogadores da Tuna Luso é o melhor possível. A semana que passou foi de intenso trabalho visando a partida decisiva deste domngo diante do perigoso Castanhal, às 09:30h no Souza

Samuel Cândido focando o jogo de domingo. Na foto, Samuel aparece dando entrevista ao reporter Henrique Amado, da Super Rádio Marajoara.

Samuel Cândido procurou focar junto ao elenco a importância de realizar uma boa partida contra o Castanhal, sem dar chance para o inimigo.

Comissão técnica da Tuna trabalhando em sintonia para classificar a equipe. /na foto (da esq. p/ dir.) Marajó (aux. técnico), Samuel Cândido (técnico), José Jorge (preparador físico) e Lubrax (treinador de goleiro).  

Com 11 pontos na tabela de classificação, se a Tuna Luso vencer o Castanhal no domingo (27), chegará aos 14 pontos e estará classificada, com uma rodada de antecipação, para a fase principal do Campeonato Paraense de Futebol 2012, com uma rodada de antecipação.

Treinamento forte de cobranças de faltas e penaltis para atacantes e goleiros, tudo visando o importante jogo de domingo. 

O zagueiro Cristóvão não poderá jogar devido ter sido expulso no jogo anterior, diante do Abaeté. O zagueiro Rubran retornará ao time após cumprir suspensão de um jogo.

 
Na foto estão a cozinheira Ludy e o Sr. João Araujo, colaborador da ATAT. Detalhes da cozinha que funciona das 06:00h às 14:00h e das 16:00h às 21:00h para servir refeições aos jogadores que moram nos alojamentos da Tuna Luso. O Castanhal vem de uma boa recuperação no campeonato e ocupa agora o terceiro lugar geral na tabela de clasificação, com sete pontos.



Samuel Cândido passando instruções táticas aos seus comandados.
A Comissão de Arbitragem da FPF sorteou na quarta-feira (23) os árbitros que dirigirão os jogos da 6ª rodada da 1ª fase do campeonato paraense de 2012. No domingo (27), às 09:30h no estádio Francisco Vasques, Tuna Luso e Castanhal terá a direção de Clauber José Miranda. Ingressos a R$10,00 (R$5,00 meia).

Tuna Luso na imprensa

Cruz-maltinos encaram o Castanhal com a chance de seguir adiante

Sem contar com o zagueiro Cristóvão e com o ala canhoto Esquerdinha, que estão suspensos, o técnico Samuel Cândido começou a encaminhar o time da Tuna Luso para o jogo de domingo contra o Castanhal.

No treino da manhã de ontem, o técnico cruz-maltino manteve a zaga com Hélder e Max Melo ao lado de Rubran, jogador que cumpriu suspensão contra o Abaeté e que garante estar pronto para voltar ao time e cumprir a função de líbero, que é exercida pelo colega suspenso.

'Se precisar jogar na função de líbero, eu vou jogar, mas o professor Samuel Cândido ainda não falou comigo sobre isso. O mais importante para mim é poder voltar ao time e ajudar a Tuna a conquistar a classificação já no domingo', disse o zagueiro luso.

Além do desfalque na defesa, a Águia do Souza também não terá seu meio de campo completo no duelo diante do Japiim da Estrada. Com Esquerdinha suspenso pelo terceiro cartão amarelo, caberá ao experiente Emerson Fitti ocupar a vaga na ala esquerda.

A equipe tunante que foi encaminhada pelo técnico Samuel Cândido se formou com: Alan; Hélder, Max Melo e Rubran; Sinésio, Euller, Analdo, Diego Siva e Emerson Fitti; Charles e Rodrigo. Mas a confirmação desta escalação só deve ocorrer depois do coletivo apronto programado para esta manhã, no Souza.

Líder da fase preliminar do Campeonato Paraense, com 11 pontos, a Tuna só precisa de uma vitória sobre o Castanhal, depois de amanhã, às 9h30, no Francisco Vasques, para garantir a classificação antecipada à elite do futebol estadual.
fonte: Amazônia Hoje - edição 25/11/2011.

terça-feira, 22 de novembro de 2011

Ritmos Paraenses no JN, Jornal das 10 e Terruá Pará 2011

Jornal da Globo

Conheça a diversidade dos ritmos musicais de Belém do Pará

Jornal da 10


Xote Bragantino


Terruá Pará 2011

Não separa Não!

Novo uniforme da Tuna Luso

A Siker é a nova fornecedora oficial de unfiormes da Tuna Luso Brasileira. A fábrica da Siker está localizada em Fortaleza-CE e o contrato é de três anos.

A marca também é fornecedora de diversos clubes de futebol do norte e nordeste do Brasil, tais como: Ferroviário-CE, Potiguar-RN, Alecrim-RN, Castanhal-PA, ASSU, Boa Viagem, Santa Cruz, Quixadá-CE, Tiradentes-CE, Ipatinga-MG, Maranhão Atlético Clube-MA, Afagu Russas, River-PI, etc.

Em breve teremos à venda as novas camisas oficiais da Tuna Luso fornecidas por essa importante marca. As camisas estarão à venda nas lojas Globo Esporte, Yamada e Visão. Segundo informações recebidas do diretor de futebol da Tuna, Sr. Arnaldo, e do representante da Siker no Pará, Sr. Paiva, as novas camisas chegarão ao mercado paraense para venda dia 30 de novembro mas só estarão à venda a partir do dia 05 de dezembro. O preço da nova camisa deve ficar em torno de R$100,00. 

HISTÓRICO DA SIKER:
O Grupo Siker encontra-se no mercado desde 1995, porém a marca Siker nasceu em 2010. O nome Siker foi inspirado no idioma “Húngaro”, que em português significa "SUCESSO". Esta marca traz energias positivas, boas vibrações para a empresa e quem dela faz parte. Atualmente, a Siker possui a Fábrica Têxtil no bairro da Serrinha - Fortaleza/CE; a Tinturaria em Guanacés - Cascavel/CE, onde há uma área de preservação da natureza com 10 hectares; a Confecção fica em Messejana - Fortaleza/CE, junto à administração; e a loja Siker, no Shopping Fortaleza Sul. A meta da empresa é oferecer aos clientes satisfação pela qualidade de seus produtos para que o mercado a reconheça como a melhor fornecedora de material no ramo esportivo.

Aos interessados, o endereço da Siker é:

Fábrica
Av. Frei Cirilo,3810 - Messejana
CEP: 60.840-285 - Fortaleza - Ceará
Fone: (85) 3089.2223 - Fax: (85) 3089.2214
E-mail: comercial@siker.esp.br

Loja
Av. Luciano Carneiro, 1333 Loja C 28/30 - Fátima
CEP: 60.410-690 - Fortaleza - Ceará
Fone: (85) 3256.2031
E-mail: loja1@siker.esp.br

Representante:
PARÁ/AMAPÁ
E-mail: paiva@siker.esp.br
Cel.: (91) 9983-0612

TUNA LUSO VESTE UNIFORME CONFECCIONADO PELA MARCA SIKER.

Tuna Luso na imprensa

Descanso para os líderes
Comissão técnica dá folga aos jogadores da tuna luso, que só voltam a jogar no próximo domingo

Depois da vitória categórica sobre a equipe do Abaeté, domingo, pelo placar de 4 a 1, no Francisco Vasques, os jogadores da Tuna Luso ganharam folga do clube e não treinaram na segunda-feira. O motivo da folga é porque a equipe só volta a campo no próximo domingo para enfrentar o Castanhal e terá um bom tempo para se preparar para o jogo que pode sacramentar a classificação antecipada à elite do futebol paraense.

A reapresentação está marcada para a manhã de hoje, às 9 horas, no Souza. A terça-feira será dedicada apenas para as atividades físicas. No período matinal, o trabalho será em uma academia para exercícios de musculação. No período da tarde, os jogadores fazem uma movimentação no gramado do Souza.

Com 11 pontos e invicta na competição, a Águia do Souza só precisa de mais uma vitória para assegurar a vaga e a primeira colocação da primeira fase. "Estamos muito perto de garantir a nossa classificação, mas ainda não ganhamos nada. Por isso, temos que manter os pés no chão e pensar que cada jogo é uma decisão para nós", alertou o lateral esquerdo Fininho, autor de dois gols na goleada de domingo.

O técnico Samuel Cândido só começa a movimentar seus atletas com treinos táticos e técnicos a partir da quarta-feira. Os trabalhos da quinta e sexta-feira devem ser decisivos para a formação da equipe que entrará em campo com a missão de assegurar a classificação antecipada para a fase principal do Parazão. Pelo menos está sendo assim nas duas últimas semanas.

Para o confronto diante do Japiim da Estrada, o treinador cruzmaltino terá dois reforços importantes. O zagueiro Rubran e o volante Euller, livres de suspensão, voltam à equipe.

Com os retornos dos titulares, Max Melo e Diogo devem ser sacados. Sendo assim, o time da Tuna para enfrentar o Castanhal deve ser formado por: Alan; Hélder, Max Melo e Cristóvão; Sinésio, Euller, Analdo, Diego Silva e Esquerdinha; Charles e Rodrigo.
fonte: Amazônoa Hoje - edição de 22/11/2011.

domingo, 20 de novembro de 2011

Tuna Luso vence Abaeté e mantem a liderança isolada


A 5ª rodada da 1ª fase do Campeonato Paraense de Futebol 2012 teve início na tarde de ontem (19) com o jogo entre Ananindeua e Bragantino, no estádio do Baenão.

Paulo (D) e Vicente (E), pai e filho sempre presentes no Souza incentivando a Tuna.

Sob muita chuva, o "Tubarão do Caetés" venceu o jogo pelo placar mínimo de 1 a 0. Com a derrota, o Ananindeua ficou estagnado nos 06 pontos ganhos, enquanto que o Bragantino chegou a 07 pontos ganhos.

Mesmo assistindo o jogo, o torcedor não dispensa o uso do radinho.

A rodada prosseguiu no sábado com o jogo entre Castanhal e Sport Clube Belém. O Castanhal venceu a partida pelo placar de 3 a 1.

Jovens torcedores e famílias são presenças constantes nos jogos da Tuna.

Com esta vitória, o Japiim da estrada chegou aos 07 pontos na tabela de classificação, mesmo número de pontos de São Francisco, abaeté e Bragantino, porém ocupa o segundo lugar pelo critério de desempate por gols positivos.

Alegria do jovem torcedor tunante depois da vitória diante do Abaeté.

No domingo (20) pela mnahã, jogando no estádio do Souza e sob intenso calor, a Tuna Luso confirmou o seu favoritismo e conseguiu mais uma importante vitória, desta vez diante do Abaeté, pelo placar de 4 a 1.

Mesmo sob forte sol os torcedores cruzmaltinos ficaram até o final do jogo incentivando a Tuna.

 A dilatada vitória manteve a invencibilidade e a liderança da Lusa paraense na tabela de classificação, agora com 11 pontos ganhos.

Torcedora anônima colada no alambrado. Neste momento o jogo ainda estava 0 a 0.

Apesar da boa campanha, o público presente no Souza não foi dos melhores, o que frustrou a diretoria do clube pois esperava-se um número maior de torcedores.

Turma da MUC em frente da sede da organizada.

Apesar dos poucos torcedores presentes, os que lá estiveram incentivaram o time e fizeram a festa no final da partida com a elástica goleada. 
Torcedores tunantes fizeram a festa após a goleada de 4 a 1 sobre o Abaeté.


A vitória foi importante pois o jogo era daqueles considerado de seis pontos, diante de um concorrente direto pelas duas vagas disputadas. 

A primeira camisa e o primeiro jogo ninguém esqueçe. O pequeno torcedor, ao lado do pai, teve o seu grande dia.

A rodada deverá encerrar nesta segunda-feira (21), quando São Francisco e Parauapebas jogarão na cidade de Santarém.

Apesar das boas defesas do goleiro do Abaeté que dificultou as coisas para o ataque tunante até os 35 minutos do primeiro tempo, aos 38 o goleirão foi infeliz e falhou feio, proporcionando a abertura do placar em favor da Tuna.

O São Francisco está com 07 pontos e se vencer o PFC poderá chegar a 10 pontos e assumir a vice liderança. Já o Parauapebas, atualmente com 05 pontos ganhos, se vencer poderá chegar a 08 pontos, deixando para trás a vice lanterna. O Sport Clube Belém ocupa a lanterna da competição com apenas 03 pontos ganhos. 

Reporter Francisco Urbano sempre atualizando as notícias da Tuna na Rádio Clube do Pará.

PARAENSE 2012 - 1ª FASE -5ª RODADA

ESTÁDIO EVANDRO ALMEIDA (BAENÃO)
19/11/2011 15:30h - Ananindeua-PA 0 X 1 Bragantino-PA
BRAGANTINO 1 X 0: LUCAS 28' 2º

ESTÁDIO MAXIMINO PORPINO (CASTANHAL)
19/11/2011 16:00h - Castanhal-PA 3 x 1 Sport Belém-PA
CASTANHAL 1 X 0: SOUZA 37' 1º
CASTANHAL 2 X 0: ELCIO 21' 2º
CASTANHAL 3 X 0: MICHEL 29' 2º
SPORT BELÉM 1 X 3: DIEGO INDIO 31' 2º

ESTÁDIO FRANCISCO VASQUES (SOUZA)
20/11/2011 09:30h - Tuna Luso-PA 4 x 1 Abaeté-PA
Tuna 1 x 0: Esquerdinha 38' 1º
Tuna 2 x 0: Sinézio (pênalti) 43' 1º
Tuna 3 x 0: Sinézio (pênalti) 12' 2º
Abaeté 1 x 3: Balão Marabá (pênalti) 16' 2º
Tuna 4 x 1: Rodrigo 26' 2º

Tuna
Alan; Hélder, Max Melo e Cristóvão; Sinésio, Diogo (André Mensalão), Analdo, Diego Silva (Jean Sá) e Esquerdinha; Charles e Rodrigo (Cassiano). Técnico: Samuel Cândido.


Abaeté
Miro (Johnatas); Careca, Nenê, João Gomes e Tetê; Joel, Negretti, Ivan e Balão Marabá; Tales (Alan) e Patrick (Marlon). Técnico: Nélio Pereira.


Cartões - Amarelos: Max Melo, Cristóvão, Diogo e Esquerdinha (Tuna); Joel, Negretti, Ivan e Miro (Abaeté). Vermelhos: Nenê e João Gomes (Abaeté).
Local: Souza.
Renda: R$ 2.195,00.
Público: 311 pagantes.
Árbitro: Marcos Antonio da Silva Mendonça.


OS GOLS - Tuna Luso 1 a 0 - Esquerdinha - 37’ do 1º tempo.Tuna Luso 2 a 0 - Sinésio - 43’ do 1º tempoTuna Luso 3 a 0 - Sinésio - 11’ do 2º tempo.Abaeté 1 a 3 - Balão Marabá - 15’ do 2º tempo.Tuna Luso 4 a 1 - Rodrigo - 25’ do 2º tempo.

Tuna Luso na imprensa

Tuna e Abaeté lutam pela liderança da 1ª fase
Samuel Cândido estuda o esquema do rival (Foto: Mário Quadros)

De olho na liderança isolada da competição, a Tuna Luso recebe o Abaeté neste domingo (20), às 9h30, no estádio Francisco Vasques, o Souza. A Águia Guerreira quer manter o topo da tabela e permanecer. Já o Guará abaetetubense quer vencer esta partida, que é considerada de seis pontos e, assim, assumir a primeira colocação pela primeira vez, ficando bem próximo da elite do futebol local.

Se no início do campeonato, faltavam peças de reposição para a equipe cruzmaltina, agora o técnico Samuel Cândido tem um elenco completo e com excelentes opções para a partida. Com a suspensão dos jogadores Rubran e Euler, Cândido experimentou os prováveis substitutos no coletivo da última sexta-feira: Max Melo e Diogo, respectivamente. “Pintou a oportunidade, o professor Samuel conversou comigo. Realizamos um treinamento forte durante a semana e estou preparado para a partida”, disse Diogo, que estreia na primeira fase. A única duvida para o jogo é a escalação do meia Diego Silva, que sofreu entrada violenta na partida anterior e ainda sente dores no tornozelo direto. Pensando nisso, Samuel treinou com o Rodrigo entre os titulares.

E nesta partida considerada de seis pontos, o técnico do Guará, Nélio Pereira, quer aproveitar a oportunidade de enfrentar a líder da competição e vencê-la e para assumir o topo, por isso, Nélio planeja armar sua equipe com um esquema bastante ofensivo, avançando o meia Tales e entrar com três atacantes. Se o Abaeté vencer a Tuna hoje, chega aos 10 pontos e ficará à quatro pontos da classificação à segunda fase da competição.
fonte: (Diário do Pará)

Tuna defende a liderança hoje
Lusa do Souza enfrenta o Abaeté, quarto colocado na tabela

A Tuna entra em campo hoje para mais uma vez defender a liderança da primeira fase do Campeonato Paraense. O jogo é contra o Abaeté, que ocupa a quarta colocação na tabela com 7 pontos, empatado com o vice-líder e a apenas um de alcançar a Águia.

O técnico do Abaeté, Nélio Pereira, aposta na manutenção da base e no próprio bom retrospecto contra a Tuna para garantir uma vitória. Do lado tunante, Sameul Cândido pode ter três desfalques, mas também só pensa na vitória. O jogo é no Souza, às 9h30.

Depois de duas partidas com empates fora de casa, a Tuna volta ao Francisco Vasquez confiante em segurar a ponta pelo retrospecto adquirido nos jogos em casa: nas duas primeiras partidas da competição, no Souza, a Tuna conseguiu duas vitórias tranquilas.

Mais do que isso, a segunda vitória, sobre o Ananindeua, foi considerada a exibição parâmetro do time e é a que o técnico Samuel Cândido espera ver seus comandados repetirem hoje.

Porém, a missão não deverá ser fácil, uma vez que a Tuna vem a campo com desfalques na zaga e na meia-cancha: o zagueiro Max Melo ficará com a vaga de Rubran, expulso contra o Parauapebas, e Diogo deve herdar a vaga de Euller, suspenso por ter recebeido o terceiro cartão amarelo.

Outra dúvida na Tuna está no setor de criação de jogadas: Diego Silva, que se recupera de uma lesão no tornozelo esquerdo, é dúvida. Durante a semana, Cândido treinou o time utilizando Rodrigo como titular, mas promovendo a entrada de Deigo no decorrer das atividades.

Do lado do Abaeté, a dúvida de Nélio Pereira estava no ataque: Thales e Marcelo Lemos disputavam uma vaga para jogar ao lado de Ivan Schumacher. O empenho dos dois, no entanto, agradou o técnico a ponto de mudar os planos e confirmar a dupla que antes concorria como titular. De resto, o Abaeté vai com a base do último jogo.

Outro trunfo do técnico para garantir uma vitória e a liderança da competição é o restrospecto. "Meus confrontos com a Tuna são bons duelos. Acredito que tenho mais vitórias que derrotas. Aposto no meu time", disse.

Tuna
Alan; Hélder, Max Melo e Cistóvão; Sinésio, Diogo, Analdo, Diego Silva (Rodrigo) e Esquerdinha; Charles e Adriano Miranda. Técnico: Samuel Cândido.

Abaeté
Miro; Careca, Nenê, João Gomes e Tetê; Negretti, Juninho e Balão Marabá; Ivan, Tales e Marcelo Lemos. Técnico: Nélio Pereira.

Local: Francisco Vasquez (Belém)
Horário: 9h30
Ingressos: R$ 10,00
Árbitro: Marcos Antonio da Silva Mendonça.
Assistentes: Heronildo Sebastião F. da Silva e Alessandro Guerra Alexandre.
Regra-Três: Joquetam Moreira Guimarães.
fonte: Amazônia Hoje - edição de 20/11/2011

sábado, 19 de novembro de 2011

No Canindé, Portuguesa faz a festa de campeã da Série B 2011.

A Portuguesa realizou ontem (18) uma grande festa no Canindé para festejar a conquista do Campeonato Brasileiro da Série B 2011. A Lusa de São Paulo conseguiu o seu primeiro grande título a nível nacional.

No jogo de ontem, pela 37ª rodada, a Portuguesa enfrentou o já rebaixado e atual lanterna do campeonato, o Duque da Caxias, e pelo placar de 4 à 0.

A Lusa fez o primeiro gol através de Renato aos 5 minutos do 1ºtempo e fechou a goleada através de Edno. Final Portuguesa 4 à 0.

Logo após o jogo aconteceu a premiação dos jogadores e entrega do troféu, há muito esperado por todos os torcedores da Portuguesa de São Paulo.

A Portuguesa chegou aos 78 pontos e na próxima rodada, a 38ª e última, a Lusa despede-se  da Série B jogando fora de casa contra ICASA, em Juazeiro do Norte,Ceará.


Com goleada, recorde e festa, Lusa recebe faixa e levanta taça da Série B.
Equipe vence lanterna Duque de Caxias por 4 a 0 e bate o recorde da Segundona ao marcar o octagésimo gol, superando o Timão de 2008.

Portuguesa 4 x 0 Duque de Caxias, a Lusa recebe o troféu da serie B.

Parabéns Lusa Campeã Brasileira da Serie B !

sexta-feira, 18 de novembro de 2011

Tuna Luso na imprensa

Samuel ainda tem dúvidas
Técnico da Tuna define quem escala para a vaga de Diego Silva, que se recupera de uma contusão

No treinamento coletivo desta manhã, no Souza, o técnico Samuel Cândido vai definir o time titular da Tuna Luso que enfrentará o Abaeté, em casa, no domingo, às 9h30, pela quinta rodada da fase preliminar do Campeonato Paraense.

O treinador precisa confirmar se o meia Rodrigo terá sua primeira oportunidade como titular da equipe cruzmaltina. O armador é o primeiro candidato para ocupar o lugar de Diego Silva, que se recupera de uma contusão no tornozelo esquerdo e segue como dúvida para a partida de depois de amanhã. Caso o titular não se recupere a tempo, subirá para três o número de modificações forçadas no time luso.

A equipe já tem dois desfalques certos. O primeiro na zaga. Rubran foi expulso contra o Parauapebas, no sábado passado, e terá que cumprir suspensão automática. O zagueiro Max Melo é o mais cotado para substituí-lo, pois jogou entre os titulares no coletivo-tático de quarta-feira. Maximiliano é a outra opção do comandante cruzmaltino.

No meio-campo, o volante Diogo pode assumir a camisa 7 de Euller. O titular recebeu o terceiro cartão amarelo e também será obrigado a cumprir suspensão disciplinar.

Após o treino desta manhã, Samuel Cândido divulgará a lista de relacionados e os jogadores seguirão para a concentração a partir das 18 horas de sábado.

Pontuação - O duelo está sendo encarado como um "jogo de seis pontos" pelos tunantes, uma vez que o Abaeté é um concorrente direto pelas duas vagas na fase principal do Parazão 2012, que será disputada a partir de janeiro.

A Tuna lidera a competição com oito pontos e precisa da vitória se quiser manter a primeira colocação e se aproximar ainda mais da classificação. Com um ponto a menos, em terceiro lugar, o Abaeté quer o triunfo para ultrapassar a Águia do Souza e assumir a ponta da tabela.

O retrospecto da Lusa como mandante é animador. A equipe venceu os dois jogos que disputou no Francisco Vasques, contra Bragantino e Ananindeua, ambos por 1 a 0.
fonte: Amazônia Hoje - edição de 18/11/2011

Lusos querem voltar a ser a 3º força do futebol
 Foto: Mário Quadros)
Faltando apenas três rodadas para o final desta primeira fase do Campeonato Paraense de Futebol, os cálculos já estão sendo feitos no estádio Francisco Vasques, o Souza, e tudo aponta que nestes últimos três jogos que a Tuna fará jogando nos seus domínios, precisa vencer dois para se garantir na elite do futebol paraense em 2012.
 
Por isso, para o zagueiro Max Melo, provável substituto do suspenso Rubran, a concentração nas partidas restantes é muito importante, pois qualquer ponto perdido nos demais jogos poderá fazer falta na contagem final. “Sabemos que são jogos difíceis, assim como foram os que passaram. O nosso time está focado e quem está focado não existe desatenção, cada um fazendo a cobertura do outro e assim não poderemos sair com falha”.

E para a partida deste domingo, contra o Abaeté, Max está bastante animado com a possibilidade de começar jogando e ajudar a Águia do Souza a conquistar os três pontos, dos seis que faltam para a classificação. “O ânimo é de um jogador que quer jogar, quero sempre está jogando. Estamos fazendo um bom trabalho aqui na Tuna, por isso não só eu, mas o Maximiliano também tem condições de substituir o Rubran. Entretanto, espero essa chance e vou agarrar para ajudar a conquistar esses pontos que a Tuna está precisando para a classificação”, disse Max.

O técnico Samuel Candido não contará mais com o futebol do volante Paulinho Cascavel, que chegou há duas semanas, mas pediu as contas e não faz mais parte do elenco. Segundo a comissão técnica, o jogador alegou problemas pessoais para solicitar seu desligamento.
fonte: Diário do Pará - edição 18/11/211

quinta-feira, 17 de novembro de 2011

Tuna Luso treina visando o Abaeté

Detalhes da preleção de Samuel Cândido passando instruções táticas para a equipe.

A Tuna Luso continua treinando firme e em tempo integral visando o difícil jogo de domingo (20) contra o perigoso Abaeté, às 09:30h, no estádio do Souza.
Jogador Rodrigo (C) recuperou-se de uma contusão e agora está pronto para defender a Tuna no jogo de domingo.

A Tuna é a atual lider do campeonato com oito pontos, enquanto que o Abaeté está na vice liderança com sete pontos.

Comissão técnica da Tuna.
Marajó (E), Samuel Cândido, José jorge e Lubrax (D).

Será um jogo emocionante e de seis pontos pois quem vencer ficará a uma vitória da classificação. Esperaos que a vitória seja da Tuna e contamos com o apoio da torcida cruzmaltina para incentivar o time.