sexta-feira, 30 de setembro de 2011

Natação da Tuna Luso brilha no Walter Figueiredo

Resultados Prova a Prova do Walter Figueiredo - 2011 


Os resultados do Troféu Walter Figueiredo ainda não estão disponíveis mas podem ser vistos através do link a seguir clique aqui. Estando na página, clique em relatórios para ter acesso aos resultados finais. 

Victor Moraes ganha troféu-eficiência no WF 

Victor Moraes ganhou o troféu-eficiência da Categoria Infantil 1 no Troféu Norte-Nordeste Walter Figueiredo. O prêmio é uma consequência de duas medalhas de ouro, uma medalha de prata e um quarto lugar nas quatro provas individuais. Na foto acima, Victor Moraes exibe o troféu junto com o seu treinador, professor Eduardo. Parabéns ao atleta e ao seu treinador.

Emanoel Dias: promessa para o futuro 

Emanoel Dias é atleta da categoria Infantil 2. No dia a dia na Tuna, ele treina cada vez mais forte, sempre no seu limite. Nas competições nacionais e regionais, ele ganha experiência para o futuro. Nem sempre está entre os medalhistas, mas isso não o incomoda, pois o seu plano é para o futuro. A equipe da Tuna prepara o Emanoel para brilhar como fundista quando o tempo apropriado chegar e seu corpo amadurecer. Sua preparação é como uma prova de fundo: não adianta queimar etapas, o importante é ter persistência, dedicação e estratégia, tal como a super-campeã Poliana Okimoto recomendou em sua entrevista exclusiva para este blog. Com apoio de todos e, especialmente de sua família, Emanoel vai chegar lá e deixar a sua marca na natação paraense. Parabéns ao Emanoel por sua performance no Norte-Nordeste. Você é um orgulho para a Tuna.


Klaus Araújo é ouro no Troféu Walter Figueiredo 

Mais uma medalha para a Tuna no Walter Figueiredo


Resultados da Tuna nas duas primeiras etapas do Walter Figueiredo

Aqui estão os outros resultados da equipe da Tuna Luso Brasileiro:

quinta-feira, 29 de setembro de 2011

IV Regata será no domingo

Equipe cruzmaltina na sede náutica do clube.

No próximo domingo (02), na Baí de Guajará, acontecerá a IV Regata de 2011, denominada "A regata do Círio". A disputa promete ser empolgante pois Clube do Remo, Paysandu e Tuna Luso estarão novamente se enfrentando nas águas barrentas da Guajará. 
O campeonato estadual de 2011 está com o Clube do Remo em primeiro lugar, com 82 pontos. Seguido pela Tuna Luso com 67 e o Paysandu, em terceiro lugar, com 54 pontos. A diferença entre Remo e Tuna é de 15 pontos apenas e pode ai8nda ser revertida
A FEPAR programou a largada do primeiro páreo para largar às 7h30. O motivo da antecipação é em função da maré. O "Oito Gigantes" será na categoria master B, reunindo remadores acima de 36 anos, com percurso de mil metros.
A saída largada será na Bacia e a chegada na Estação da Docas. A V e última regata de 2011 está prevista para o mês de novembro, com data ainda por ser marcada pela Fepar.

Pontuação dos páreos:
1º lugar:  4 pts.
2º lugar: , 4 pts.
3º lugar: 1 pt.

Classificação atual:
Remo: 82 pts.
Tuna: 67 pts.
Paysandu: 54 pts.

Brasil vence o Superclássico das Américas

Foto Gazeta Press.

Aconteceu na  noite de ontem (28), em Belém do Pará, um grande espetáculo esportivo e exemplo de civismo. O palco da festa foi o estádio Olímpico do Pará, o Mangueirão, lotado por 45 mil fanáticos e torcedores paraenses que lá estavam para apoiar a nossa Seleção de futebol, durante a decisão do torneio Superclássico das Américas. Antes do jogo iniciar, a tradicional bandinha que costuma tocar nos estádios paraenses durante os jogos locais, circulou pelo lado de fora do Mangueirão tocando músicas alusivas à Seleção Brasileira e alegrando os torcedores.

O escriba desse blog não foi assistir o jogo por motivo de viagem mas sua família esteve presente no Mangueirão para dar apoio à Seleção. Esposa, filha e dois filhos marcaram presença e cantaram o hino nacional brasileiro junto com os demais.

Um dos momentos mais bonitos da noite aconteceu antes do início do jogo, logo ao serem executados os hinos nacionais da Argentina e do Brasil. Começando pelo hino dos hermanos, o torcedor presente se portou com respeito e admiração. Quando iniciou a introdução do hino brasileiro, o Brasil que assistia pela TV se deparou com uma grande lição de civismo, pois praticamente todo o estádio cantou em voz alta para o mundo ouvir o hino nacional brasileiro. Foram 45 mil vozes de brasileiros que cantaram e contagiaram a onzena nacional. Esse início fénético injetou motivação e deu forças para no final do jogo o Brasil sair vencedor e campeão do Superclássico das Américas.




Apesar da falta de organização e de experiência nesse tipo de evento, podemos dizer que o povo paraense deu mostras de que tem condições de promover outras competições de maior porte. Pena que ficamos de fora da Copa de 2014. 

O jogo em si foi morno e sem muitos atrativos mas deu para o gasto e encantou principalmente os jovens que nunca tinham visto a Seleção jogar em Belém. O Brasil mostrou mais disposição, com destaque para Neymar, Ronaldinho, Lucas, Borges e Cortez que fizeram boas jogadas e participaram das jogadas dos dois gols. 

Do lado dos hermanos, viu-se uma seleção recuada, sem muita pegada e bem diferente daquela que estamos acostumados a ver. No final da partida, não poderia ter dado outro resultado a não ser a convincente vitória brasileira pelo placar de 2 a 0, com gols de Lucas e Neymar para o Brasil, todos no segundo tempo. O goleiro Jefferson, do Brasil, quase não foi exigido mas quando foi preciso o guarda metas deu conta do recado. 

Perto do final da partida, o escrete brasileiro começou a  tocar a bola e fez o público vibrar e gritar um sonoro "Olé", praticamente até o final do jogo. O jogador Ronaldinho Gaúcho, capitão da equipe, ergueu a taça Nicolaz Leoz, garantindo o título do Superclássico das Américas para a Seleção do Brasil.

"Belém será sede da Copa América de 2015"

Foto: Fábio de Mello Castanho/Terra.

De acordo com o anúcio divulgado durante o intervalo do jogo no placar eletrônico do estádio Mangueirão,  nesta quarta-feira, Belém do Pará receberá a Copa América de 2015. Trinta minutos mais tarde, outro anúncio foi divulgado no estádio - desta vez, creditando ao presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Ricardo Teixeira.

"O presidente da CBF, Ricardo Teixeira, anuncia: o Pará será sede da Copa América de 2015", de acordo com o anúncio do placar eletrônico do estádio Mangueirão. A primeira mensagem divulgada no placar não tinha assinatura do emitente.

Após a entrevista do técnico Mano Menezes, o diretor de comunicações da CBF, Rodrigo Paiva, informou que não haverá um anúncio oficial das sedes da competição num futuro próximo.

A decisão colocaria outra cidade preterida durante a escolha das sedes da Copa do Mundo de 2014 entre as confirmadas para o torneio sul-americano.

A cidade de Goiânia também viveu o mesmo enredo em junho, quando recebeu a partida entre Brasil e Holanda. Até agora, apenas a capital goiana foi confirmada como sede da Copa América.

Ficha Técnica: Brasil 2 x 0 Argentina


Brasil: Jefferson; Danilo, Dedé, Réver e Cortês (Kleber); Ralf, Rômulo e Lucas (Diego Souza); Ronaldinho Gaúcho, Neymar e Borges (Fred).
Técnico: Mano Menezes

Argentina: Orion; Cellay, Sebá Dominguez e Desábato; Pillud (Mouche), Fernandez, Canteros (Bollatti), Guiñazu e Papa; Montillo e Viatri.
Técnico: Alejandro Sabella

Gols: Lucas, aos oito, e Neymar, aos 29 minutos do segundo tempo.
Cartão amarelo: Desábato (Argentina)
Público: 35.642 pagantes (43.038 presentes). Renda: R$ 2.579.160,00.
Local: estádio do Mangueirão, Belém (Pará).
Árbitro: Jorge Larrionda (Uruguai).
Auxiliares: Maurício Espinosa e Pablo Fandino (ambos do Uruguai).

quarta-feira, 28 de setembro de 2011

Brasil e Argentina decidem o Superclássico das Américas

O Estádio do Mangueirão, em Belém do Pará, recebe nesta quarta-feira (28), a partir das 21h50, o jogo 'amistoso" entre as seleções do Brasil e da Argentina. O histórico confronto será válido pela decisão do Superclássico das Américas, antiga Copa Rocca.

O governo do estado do Pará investiu cerca de R$ 2 milhões na reforma do estádio estadual, inaugurado em 1978 e reformado em 2002. O estádio do Mangueirão tem atualmente capacidade para 65 mil pessoas sentadas.

O primeiro jogo entre as duas seleções foi realizado na Argentina,  no estádio Mario Alberto Kempes, dia 14 de setembro, na cidade de Córdoba.

A disputa entre Brasil e Argentina é quase centenária. Em 1914, com o nome de Copa Roca, foi a primeira vez que as duas seleções duelaram por um troféu.

Desde a primeira disputa, aconteceram mais nove edições do Superclássico. O Brasil venceu sete vezes (1914, 1922, 1945, 1957, 1960, 1963 e 1976), enquanto que a Argentina levou o caneco em três ocasiões (1923, 1939 e 1940).

Apenas jogadores que atuam em clubes do Brasil e da Argentina podem ser convocados. Vence aquele que alcançar o maior número de pontos. Em caso de empate, o saldo de gols determinará o campeão. Se permanecer a igualdade, a disputa vai para os pênaltis.

O Superclássico das Américas, já garantido pelos próximos oito anos, promete muitas emoções nesta quarta-feira, em Belém. A apaixonada torcida paraense certamente lotará o Mangueirão e promete apoiar a onzena canarinha.

Troféu do Superclássico das Américas


Treinadores das duas seleções

Lista dos convocados de Mano Menezes para a disputa da decisão do Superclássico das Américas:
Goleiros: Mário Fernandes (Grêmio), Jefferson (Botafogo) e Rafael (Santos)

Laterais: Danilo (Santos), Bruno Cortês (Botafogo) e Kleber (Internacional)

Zagueiros: Dedé (Vasco), Réver (Atlético–MG), Rhodolfo (São Paulo) e Emerson (Coritiba)

Volantes: Ralf (Corinthians), Paulinho (Corinthians), Casemiro (São Paulo) e Rômulo (Vasco)

Meias: Lucas (São Paulo), Oscar (Internacional), Diego Souza (Vasco) e Elkeson (Botafogo)

Atacantes: Ronaldinho Gaúcho (Flamengo), Neymar (Santos), Fred (Fluminense) e Borges (Santos)

Ronaldinho Gaúcho, experiência e talento que podem fazer a dirferença.

Lista dos convocados da seleção Argentina para a disputa da decisão do Superclássico das Américas:

Goleiros: Marcelo Barovero (Vélez Sarsfield), Agustín Orión (Boca Juniors) e Esteban Andrada (Lanús).

Defensores: Sebastián Domínguez (Vélez Sarsfield), Emiliano Papa (Vélez Sarsfield), Cristian Cellay (Estudiantes de La Plata), Leandro Desábato (Estudiantes de La Plata), Germán Ré (Estudiantes de La Plata), Ivan Pillud (Racing Club), Clemente Rodríguez (Boca Juniors) e Jonathan Botinelli (San Lorenzo).

Meias: Augusto Fernández (Vélez Sarsfield), Héctor Canteros (Vélez Sarsfield), Agustín Pelletieri (Racing Club), Cristian Chávez (Boca Juniors), Pablo Guiñazú (Internacional), Mario Bolatti (Internacional), Andrés D´Alessandro (Internacional) e Walter Montillo (Cruzeiro).

Atacantes: Gabriel Hauche (Racing Club), Pablo Mouche (Boca Juniors), Lucas Viatri (Boca Juniors) e Emanuel Gigliotti (San Lorenzo).

BELÉM DO PARÁ EM FESTA
Foto divulgação.

O aeroporto de Belém ficou verde e amarelo, mas pequeno demais para receber tanta gente querendo ver a chegada da Seleção Brasileira para disputa do Superclássico das Américas.
Belém do Pará está em festa desde que a delegação brasileira desembarcou na cidade. A seleção é recebida com festa e aclamados em todos os lugares onde chega.

Foto divulgação.

Cerca de 25 mil torcedores estiveram no Mangueirão nesta segunda-feira (26), prestigiando o treino da Seleção na segunda-feira (26).  Na terça-feira (27), aconteceu o segundo e último treino da Seleção, mas desta vez o público não pode estar presente para prestigiar.

MUDANÇAS NO TRÂNSITO

Foto divulgação.

Devido o Superclássico das Américas, entre Brasil e Argentina, algumas mudanças acontecerão no trânsito de Belém. Visando assegurar o fluxo no trânsito e dos torcedores, nesta quarta-feira (28), serão feitas mudanças no entorno do Estádio Olímpico do Pará. Apenas no dia do jogo, a rodovia Transmangueirão ficará com apenas um sentido (Avenida Centenário – Augusto Montenegro). Logo após o término da partida, tudo volta ao normal.

Na avenida Augusto Montenegro, os veículos que trafegam no sentido de Icoaraci para Belém terão que desviar para a Avenida Independência. Essa via será interditada durante duas horas antes do jogo iniciar. A medida é para facilitar a chegada ao retorno da entrada do Mangueirão. Cerca de 150 agentes de trânsito estarão orientando o trânsito nos sinais e cruzamentos das principais vias de acesso ao Mangueirão.

ESTACIONAMENTO E ENTRADA

O estacionamento no entorno do anel viário do estádio será proibido, exceto para veículos credenciados (autoridades, imprensa, delegações, VIP e patrocinadores). O torcedor usuário  poderá acessar o estacionamento externo do estádio, com aproximadamente quatro mil vagas.
Foto divulgação.

O estacionamento do estádio será aberto ao público a partir das 18h, cerca de três horas de antecedência da partida. A entrada do torcedor ao estádio será pelas catracas do estacionamento externo (A2 / A3; B2 / B3) e não pela bilheteria. O torcedor dever observar no seu ingresso o setor em que está e, a partir daí, procurar a entrada correta, se é pela A2, A3, ou B2, B3.

CONVOCAÇÃO

A torcida paraense está convocada para prestigiar a Seleção nesta quarta-feira (28), a partir da 21:50h, diante da Argentina, pela decisão do Superclássico das Américas. Não serão vendidos ingressos nas bilheterias do estádio, mas certamente quem não comprou o seu poderá assistir o jogo pela TV em diversos locais da cidade. Quem quizer arriscar comprar um ingresso na hora poderá até conseguir mas será através de cambistas, copm preços majorados. Sugerimos que quem já comprou o seu ingresso chegue no estádio com pelo menos duas horas de antecedência.

Os paraenses que não forem a favor da divisão do estado do Pará, conforme plebiscito marcado para dezembro próximo, e não tenham uma camisa da Seleção para vestir, estão sendo convocados para irem ao estádio com uma roupa vermelha e/ou branca para registrar seu protesto.
Diga NÃO a divisão!


terça-feira, 27 de setembro de 2011

FPF não atende protesto da Tuna Luso

Apesar da notícia divulgada ontem, quando uma denúncia anônima questionou a legalidade das inscrições de duas jogadoras do Viana-MA que teriam atuado contra a Tuna Luso na última quinta-feira (22), em jogo que definiu uma das vagas para a semi-final da Copa do Brasil de futebol feminino, parece que nada aconteceu.

A irregularidade denunciada foi em função das duas supostas jogadoras não estarem inscritas no BID da CBF, o que é obrigatório para todos os atletas que disputam essa competição. A técnica da Tuna, Aline Costa, e o diretor de esportes amadores do clube, Sr. Charles Tuma, foram até a FPF ontem (segunda-feira), dentro do prazo de 48 horas úteis após o jogo, previsto por lei, para fazer a denúncia e pedir que a entidade oficializasse o protesto junto à CBF e solicitasse a reversão de pontos em favor da Tuna Luso.

O problema é que, segundo informações recebidas, a FPF recebeu a denúncia mas não encaminhou o mesmo e nada foi feito em favor do clube paraense, ou seja, a suposta irregularidade passou em branco, não tendo sido apurada a tempo e não surtindo qualquer efeito.

Se isso realmente tiver acontecido, é lamentável pois a solicitação feita pela Tuna foi justa e dentro da lei, não se caracterizando portanto em virada de mesa mas tão somente cumprindo o regulamento que obriga a todos os atletas que disputam partidas oficiais sejam inscritos na CBF e seus nomes divulgados no BID (Boletim Informativo Diário).

Será que em função da badalação do jogo da seleção brasileira contra a Argentina, nesta quarta-feira, em Belém, fez com que a FPF esquecesse de suas obrigações diante de clubes afiliados? E olha que o presidente da FPF é conselheiro nomeado da Tuna!

Segue abaixo os BID’s de Tuna Luso e Viana-MA, retirados do site oficial da CBF:

BID ELETRÔNICO ACUMULADO
(23) ATLETAS - ESPORTE CLUBE VIANA/MA
INSC. NOME CONTRATO VIGÊNCIA GERADO 
1 331365 ADILSILENE MOURA SOARES - AMADOR / SOARES AMADOR 12/09/2011
2 388377 ALESSANDRA DE SOUSA NOGUEIRA - AMADOR / ALESSANDRA AMADOR 28/07/2011
3 305288 ANA CAROLINA DIAS DE ALMEIDA - AMADOR / ANA AMADOR 15/08/2011
4 388374 ARLETE SILVA DOS SANTOS - AMADOR / ARLETE AMADOR 28/07/2011
5 362626 ELAINE VARJAO DE SOUSA - AMADOR / ELAINE AMADOR 12/08/2011
6 304569 ETHAISE CRISTNA BARROS MELO - AMADOR / THATÁ AMADOR 15/08/2011
7 337869 FERNANDA GOMES SOEIRO - AMADOR / NANDA AMADOR 12/08/2011
8 392430 FRANCISCA CALISTO DE ARAUJO - AMADOR / FRANCISCA AMADOR 30/08/2011
9 388821 GEANE ALVES DOS SANTOS - AMADOR / GEANE AMADOR 15/08/2011
10 362586 IZABELA SILVA DE OLIVEIRA - AMADOR / IZA AMADOR 12/08/2011
11 305413 JESSICA RAISSA LIRA GODOIS - AMADOR / RONALDINHO AMADOR 28/07/2011
12 362420 LETÍCIA SILVA AMADOR - AMADOR / NEGONA AMADOR 17/08/2011
13 390369 LIDIANE CARVALHO SILVEIRA - AMADOR / LIDIANE AMADOR 17/08/2011
14 320914 LUANA CRISTINA LIMA VIRGILIO - AMADOR / LUA AMADOR 12/08/2011
15 322622 MARGARETH THATYO LUIS DA SILVA - AMADOR / MARGARETH AMADOR 12/08/2011
16 333839 MAYRA CRISTINA LOPES DE JESUS - AMADOR / MAYRA AMADOR 29/08/2011
17 385849 MOARA COUTINHO FERREIRA - AMADOR / MOARA AMADOR 17/08/2011
18 191122 MONIQUE CORREA PEREIRA DOS SANTOS - AMADOR / MONIQUE AMADOR 12/08/2011
19 190516 PERLA MARUSA SANTOS AROUCHA - AMADOR / PERLA AMADOR 28/07/2011
20 390332 RANIELE ALMEIDA E SILVA - AMADOR / RANIELE AMADOR 17/08/2011
21 304576 ROSELY COSTA ALMEIDA - AMADOR / ROSY AMADOR 28/07/2011
22 190507 ROZINETE MACEDO SODRE - AMADOR / ROZINETE AMADOR 28/07/2011
23 304656 SUELE DA SILVA LIMA - AMADOR / SUELE AMADOR 28/07/2011
fonte: CBF 
 
BID ELETRÔNICO ACUMULADO
(24) ATLETAS - TUNA LUSO BRASILEIRA/PA
INSC. NOME CONTRATO VIGÊNCIA GERADO
1 337965 ANNE JANYNE GREGORIO PEREIRA - AMADOR / ANNE AMADOR 11/08/2011
2 362794 CASSIA MOURA SOARES - AMADOR / CASSIA AMADOR 18/03/2011
3 190674 CINTIA VALERIA DA SILVA LIMA - AMADOR / MAGRELA AMADOR 18/03/2011
4 304993 CRISTIANE ALVES DE MIRANDA - AMADOR / CRISTIANE AMADOR 30/08/2011
5 391443 DENISE DA SILVA SANTOS - AMADOR / DEDÊ AMADOR 23/08/2011
6 337969 DRIELY CRISTINA ALEIXO DA COSTA - AMADOR / DRIELY AMADOR 12/08/2011
7 363137 HELAYNE CRISTINA BARRA ESPIRITO SANTO - AMADOR / HELAYNE AMADOR 18/03/2011
8 391449 HELEN SHEILA DO CARMO MONTEIRO - AMADOR / SHEILA AMADOR 23/08/2011
9 391440 JAQUELINE SILVA DAS MERCES - AMADOR / JACK AMADOR 23/08/2011
10 337968 JULIANE LEOPOLDINA DOS SANTOS SENA - AMADOR / JULI AMADOR 12/08/2011
11 362578 KELOHANE AZEVEDO DE SOUSA - AMADOR / QQ AMADOR 12/08/2011
12 389891 KEYLA FREIRE ALVES - AMADOR / PAULISTA AMADOR 12/08/2011
13 389888 LARISSA OLINDA CORREIA - AMADOR / LARISSINHA AMADOR 12/08/2011
14 389882 LAURIANE PEREIRA ALVES - AMADOR / LAURIANE AMADOR 12/08/2011
15 190679 LAUZENIRA DA CONCEICAO MOURA SOARES - AMADOR / LAUZE AMADOR 18/03/2011
16 389877 LEILA DA SILVA BARRA - AMADOR / LEILA AMADOR 12/08/2011
17 389879 MACILENI TRINDADE DE MENEZES - AMADOR / MACILENE AMADOR 12/08/2011
18 190666 MARIA RAQUEL MAIA DOS SANTOS - AMADOR / RAQUEL AMADOR 21/03/2011
19 389875 MARIA SANTANA DA SILVA MIRANDA - AMADOR / NEN AMADOR 12/08/2011
20 305556 NATASHA ANDRESSA FERREIRA GONÇALVES - AMADOR / NATASHA AMADOR 11/08/2011
21 389870 ROSANY RODRIGUES PINTO - AMADOR / ROSANY AMADOR 11/08/2011
22 334359 TALITA FERNANDA CÔGO DE SOUZA - AMADOR / TALITA AMADOR 11/08/2011
23 389850 TAYANE PATRICIA DE SOUZA DAMASCENO - AMADOR / TAY AMADOR 11/08/2011
24 334867 WALDENIA FERREIRA PINTO - AMADOR / WAL AMADOR 23/08/2011
fonte: CBF

Tuna derrota Remo e põe fim a invencibilidade


A Tuna pôs fim a invencibilidade de 16 jogos do Remo no futsal sub-9. A Lusa ganhou o jogo por 3 a 2, e segue líder na tabela do segundo turno. O time remista, campeão do ano passado e também campeão do primeiro turno de 2011, não perdia há dois anos. Além deste destaque do futsal do final de semana, outro que merece atenção, mas, de forma negativa, foi proporcionado pelo Corinthians/Salvaterra que não compareceu a nenhum dos cinco jogos programados (2 pelo sub-20 e 3 pelo sub-17), com isso, acabou eliminado dos campeonatos.
O presidente da Fefuspa, Paulo José, esteve em Mãe do Rio onde acompanhou o jogo pela Série Prata entre Tuna e EFUTF/Mãe do Rio, vencido pela lusa por 6 x 4, ficou maravilhado com o ginásio local. Paulo José garantiu para 2012 promover em Mãe do Rio um evento de caráter nacional.
fonte: Amazônia Jornal - Edição 27/09/2011.

segunda-feira, 26 de setembro de 2011

Tuna poderá voltar à Copa do Brasil: Viana jogou com duas atletas irregulares

O "tapetão" poderá dar uma reviravolta no resultado do jogo entre Tuna Luso Brasileira e Viana, quando a equipe maranhense venceu por 1 a 0, no Souza. Denúncia recebida anonimamente pela técnica Aline Costa e confirmada pelo Jurídico da Tuna, mostram que duas atletas do Viana jogaram contra a Tuna sem que seus nomes constassem no BID (Boletim Informativo Diário) da CBF, ou seja, atuaram irregularmente, o que poderá fazer com que o Viana seja punido com a perda dos pontos da partida. Com isso, a Tuna poderá voltar e fazer parte dos jogos da semifinal da Copa do Brasil.

O Diretor de Esportes da Tuna, Charles Tuma, e a técnica Aline Costa desde cedo desta segunda-feira tomaram todas as providências, levando a documentação da irregularidade das atletas Viviane e Natália, ao presidente da FPF, Coronel Nunes, e este designou o funcionário Scota a entrar imediatamente em contato com a CBF para que a denúncia fosse formulada. Segunda Aline, a resposta foi prometida para hoje mesmo, no início da noite.

Atualmente as quatro equipes definidas para as semifinais da Copa do Brasil de Futebol Feminino são Foz Cataratas, do Paraná; o Rio Preto, de São Paulo, o Vitória de Santo Antão, de Pernambuco, e o Viana do Maranhão. A tabela será divulgada pela CBF e os cruzmaltinos torcem para que em vez do Viana entre a Tuna Luso Brasileira. Não somos adeptos do tapetão, mas em futebol, com diz o ex-árbitro hoje comentarista global: "a regra é clara".
fonte: Blog didascália

Pesquise a ficha do atleta pela inscrição do mesmo


BID ELETRÔNICO ACUMULADO (CBF em 26/09/2011)


(23) ATLETAS - ESPORTE CLUBE VIANA/MA


INSC. NOME CONTRATO VIGÊNCIA GERADO


1 331365 ADILSILENE MOURA SOARES - AMADOR / SOARES AMADOR 12/09/2011


2 388377 ALESSANDRA DE SOUSA NOGUEIRA - AMADOR / ALESSANDRA AMADOR 28/07/2011


3 305288 ANA CAROLINA DIAS DE ALMEIDA - AMADOR / ANA AMADOR 15/08/2011


4 388374 ARLETE SILVA DOS SANTOS - AMADOR / ARLETE AMADOR 28/07/2011


5 362626 ELAINE VARJAO DE SOUSA - AMADOR / ELAINE AMADOR 12/08/2011


6 304569 ETHAISE CRISTNA BARROS MELO - AMADOR / THATÁ AMADOR 15/08/2011


7 337869 FERNANDA GOMES SOEIRO - AMADOR / NANDA AMADOR 12/08/2011


8 392430 FRANCISCA CALISTO DE ARAUJO - AMADOR / FRANCISCA AMADOR 30/08/2011


9 388821 GEANE ALVES DOS SANTOS - AMADOR / GEANE AMADOR 15/08/2011


10 362586 IZABELA SILVA DE OLIVEIRA - AMADOR / IZA AMADOR 12/08/2011


11 305413 JESSICA RAISSA LIRA GODOIS - AMADOR / RONALDINHO AMADOR 28/07/2011


12 362420 LETÍCIA SILVA AMADOR - AMADOR / NEGONA AMADOR 17/08/2011


13 390369 LIDIANE CARVALHO SILVEIRA - AMADOR / LIDIANE AMADOR 17/08/2011


14 320914 LUANA CRISTINA LIMA VIRGILIO - AMADOR / LUA AMADOR 12/08/2011


15 322622 MARGARETH THATYO LUIS DA SILVA - AMADOR / MARGARETH AMADOR 12/08/2011


16 333839 MAYRA CRISTINA LOPES DE JESUS - AMADOR / MAYRA AMADOR 29/08/2011


17 385849 MOARA COUTINHO FERREIRA - AMADOR / MOARA AMADOR 17/08/2011


18 191122 MONIQUE CORREA PEREIRA DOS SANTOS - AMADOR / MONIQUE AMADOR 12/08/2011


19 190516 PERLA MARUSA SANTOS AROUCHA - AMADOR / PERLA AMADOR 28/07/2011


20 390332 RANIELE ALMEIDA E SILVA - AMADOR / RANIELE AMADOR 17/08/2011


21 304576 ROSELY COSTA ALMEIDA - AMADOR / ROSY AMADOR 28/07/2011


22 190507 ROZINETE MACEDO SODRE - AMADOR / ROZINETE AMADOR 28/07/2011


23 304656 SUELE DA SILVA LIMA - AMADOR / SUELE AMADOR 28/07/2011
fonte: CBF http://www2.cbf.com.br/php/acumulado.php?c=00025MA

sábado, 24 de setembro de 2011

FEPAR promove curso de arbitragem

Desde sexta-feira (23) até domingo (25) a Federação Paraense de Remo (FEPAR) promove Curso de Arbitragem de Remo, no Hotel Good Mar, na Rua Professor Nelson Ribeiro, 132, próximo ao Curro Velho, no bairro do Telégrafo. Segundo os dirigentes da Fepar, Luizomar Costa e Jorge Antonio Moura, respectivamente Presidente e vice da entidade, o Curso tem seis horas de duração diária e será ministrado pelas professoras Gabriela Bianchi Miranda e Luciana de Vita Arruda.

Luizomar e Jorge Moura, que há poucos meses assumiram a Federação de Remo em nosso Estado, já começam suas atividades como dirigentes mostrando interesse em aprimorar os conhecimentos dos amantes deste importante esporte, que é náutica. Os árbitros que forem aprovados neste curso já poderão trabalhar nas próximas regatas.

A Tuna Luso Brasileira estará presente com alguns de seus atletas remadores participando do Curso

Os dirigentes da FEPAR comunicaram que a próxima Regata, já está confirmada para o dia 2 de Outubro. Será a Regata do Círio.
fonte: blog Didascália

sexta-feira, 23 de setembro de 2011

Natação da Tuna se destaca no Walter Figueiredo

A natação da Tuna Luso, representando o estado do Pará, teve uma boa participação  no XXIII Torneio Norte/Nordeste de Clube Infantil, Juvenil, Junior/Sênior – III Troféu Walter Figueiredo Silva, nos dias 23 e 24 de setembro. A equipe mirim-petiz do clube também está se preparando para participar do Fetival Kako Caminha, que será realizado também em João Pessoa-PB, no período de 14 a 15 de outubro próximo. 

Nas provas dos 50  m livre (masculino) e 100 m costas (masculino), categoria Infantil 1, o destaque ficou com o atleta paraense Victor Moraes, vencedor das provas, de ponta a ponta, conquistando duas medalhas de ouro para a Tuna.
   
Parabéns ao nosso talentoso atleta e para a Tuna que bem representam o nosso estado! 

quinta-feira, 22 de setembro de 2011

Tuna Luso feminina perde em casa e é eliminada da Copa do Brasil


foto: DOL
A Tuna Luso Brasileira deu adeus a Copa do Brasil 2011 ao ser derrotada pelo placar de 1 a 0, na tarde desta quinta-feira no Estádio Francisco Vasques (Souza) em jogo válido pelas quartas-de-final. O único gol da partida foi marcado através da artilheira Correa aos 25 minutos do primeiro tempo.
No primeiro jogo entre as duas equipes a partida terminou empatada em 1 a 1.

Semifinal a caminho!

Pela fase semifinal, o Viana irá enfrentar o classificado de Vitória-PE e São Francisco-BA, que jogarão a partida de volta somente no próximo sábado (24) às 20h, no Estádio Carneirão, em Santo Antão (PE). No jogo de ida, o Vitória-PE venceu pelo placar de 6 a 2.

fonte: Rádio Clube do Pará.

quarta-feira, 21 de setembro de 2011

Divisão do Pará vai criar um estado violento e outro pobre

Marabá, virtual capital de Carajás, é a quarta cidade na taxa de assassinatos; Tapajós seria o segundo estado mais pobre - só perdendo para Roraima
Esgoto a céu aberto em Belém. Pará perderia 40% da população e
encolheria sua economia em 45% (Filipe Araújo/AE)


A divisão do Pará em três será objeto de inédito plebiscito organizado pela Justiça Eleitoral. Mas a quem interessa? No balanço entre vencedores e perdedores, todos ficam com menos e quem paga a conta é o governo federal - ou seja, o contribuinte. Se forem criados, Carajás e Tapajós vão custar aos cofres públicos pelo menos 9 bilhões de reais só para manter a administração dos estados.

Marabá, a virtual capital de Carajás, está no topo da lista dos homicídios. Pelos dados mais recentes do Ministério da Justiça, é, proporcionalmente, a quarta cidade mais violenta do país. Foram 250 assassinatos em 2008 - 125 mortes para cada 100.000 habitantes. Tapajós, ainda que mais tranquilo, seria o segundo estado mais pobre do Brasil, com um Produto Interno Bruto (PIB) de 6,4 bilhões de reais - atrás apenas de Roraima.

Os separatistas dizem que os brasileiros que vivem ao sul não compreendem a realidade da região e que ali estão duas terras prometidas. Para comprovar a tese, usam como argumento a criação de Tocantins. Esquecem que se trata do quarto estado mais pobre do país.

Encargos - Marcado para dezembro, este será o primeiro plebiscito para definir uma separação estadual. As regras podem ainda não estar claras, mas é certo que novos cargos e encargos vão surgir. E junto, toda uma revigorada classe política, que inclui mais seis vagas para o Senado, dezesseis para a Câmara e 48 para as assembleias estaduais.

Está decidido que a consulta, prevista para dezembro, irá abranger todo o estado. No passado, a criação de estados era decisão estrita do poder central e sujeita aos ventos políticos. Foi assim em 1989, quando Tocantins foi desmembrado de Goiás. Então presidente, José Sarney aproveitou a promulgação da Constituição de 1988, que transformava os territórios federais em estados, para encaixar o mais novo estado da federação. Já o desmembramento do Mato Grosso do Sul do Mato Grosso, em 1979, foi um ato da ditadura militar.

Os favoráveis à tripartição, como o deputado Queiroz, querem que a escolha seja local. Não é o que pensa a professora de direito constitucional e eleitoral da Universidade de São Paulo (USP), Mônica Herrman Taggiano. “É bobagem segmentar a discussão. O estado inteiro deve participar, porém, por tradição, estas decisões são casuísticas e políticas”, disse.

Conflitos agrários – Os dois novos estados se sustentariam com a exportação de minérios e grãos e, claro, de gordos repasses federais. Se há riqueza no subsolo e possibilidades de exploração econômica da floresta, sobram conflitos agrários e desmatamentos ilegais. Com uma economia que o coloca em 16º no ranking do Produto Interno Bruto (PIB) dos estados, é no Pará que o convívio entre desiguais é resolvido na bala. No último mês, cinco ambientalistas foram assassinados em emboscadas.

Em Carajás, a campanha pela separação já está nas ruas. Um dos líderes do movimento, o deputado e pecuarista Giovanni Queiroz (PDT), desconversa sobre ser candidato antecipado a primeiro governador. Porém, a todo instante cita José Wilson Siqueira Campos, atual governador e articulador da criação do estado de Tocantins: “Quem sabe um dia eu seja como ele”.

A presença das jazidas da Vale é uma poderosa justificativa para o desejo de autonomia carajaense. Os recursos dos impostos não seriam diluídos com outras áreas mais populosas próximas de Belém, onde vive mais da metade da população do estado. Porém, trata-se de um modelo concentrador por natureza, já que a mineração exige capital intensivo. Ou seja, lucra muito, mas exige pesados investimentos.

O PIB per capita de 12.500 reais de Carajás não se reflete na população. Em Marabá, 42% dos moradores vivem abaixo da linha de pobreza e o estado teria uma economia equiparável com Alagoas e Sergipe, respectivamente em 20º e 21º lugar no Brasil.

Em ambas as regiões, mesmo com a criação de novos empregos, a falta de mão-de-obra especializada obrigaria o deslocamento de 300.000 pessoas, para atuar no nascente funcionalismo público, estima o professor da Universidade Federal do Pará (UF-PA), Roberto Corrêa.

Carajás seria pobre, mas não deficitário. Já Tapajós, estado que muito bem poderia se chamar Belo Monte, em homenagem à hidrelétrica, a dependência do dinheiro federal seria uma questão de sobrevivência. O custeio da máquina pública ali sugaria mais da metade da economia.

Isolada geograficamente, a principal cidade é Santarém, a 800 quilômetros de Belém. Ali, a aposta econômica é na exportação de grãos pelo porto de grande calado da Cargil, que escoa a produção do Centro-Oeste. Aberta pelo militares, a pavimentação da estrada só deve terminar em 2013. “Sempre fomos isolados. Agora temos meios de viver por nós”, diz o deputado Lira Maia (DEM), que lidera o movimento pela independência.

Quem está em uma situação delicada é o governador Simão Jatene (PSDB). Ele optou pelo papel de mediador pensando no futuro. Se o plebiscito englobar o Pará inteiro e a tripartição sair derrotada, Jatene perderia capital político nas regiões separatistas caso se declare contra.

Se a separação vencer, teria mais dois estados para disputar eleições e passaria para seu sucessor um Pará menor, mais fácil de administrar e abastecido pelo retorno de impostos de exportações. Não há garantia de nada. Uma redução no valor das commodities de exportação, em especial ferro e bauxita, jogaria tudo por terra. Ainda restariam as motosserras.

Carlos Silva/Imapress
Mercado Ver-o-Peso, em Belém. Cidade continuaria como referência, até que Marabá e Santarém criassem, com investimentos federais, um aparelho estatal com o mínimo de eficiência. Pesquisador da Universide Federal do Pará acredita que 600 000 pessoas migrariam para os novos estados.

Em tempos de alta nas exportações, jazidas de ferro (foto) e bauxita impulsionam a economia na região de Carajás. Todavia, a falta de políticas pública eficientes tornou Marabá, sua principal cidade, na quarta mais violenta do país, com quase metade da população vivendo abaixo da linha de pobreza.

Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST) bloqueia passagem de trem carregado com minério de Carajás. Conflitos fundiários e derrubada de florestas para criação extensiva de gado empurram pequenos agricultores para movimentos sociais radicais.

Às margens do rio Tapajós, praias de Alter do Chão servem de cartão-postal, mas atraem poucos turistas. Com uma economia precária, só o custo para manter a administração pública sugaria 3,2 bilhões de reais a cada ano.

Início das obras da hidrelétrica de Belo Monte acelera a favelização de Altamira, segunda maior cidade de Tapajós. Aposta na separação criaria, logo de início, o segundo estado mais pobre da federação, atrás apenas de Roraima. Prefeitos discordam dos dados do IBGE para não perder repasses federais



Veja como pode ficar o Pará se o estado for dividido em três

PARÁ (hoje)
Área: 1.247.950 km²

Municípios: 143 municípios

População: 7.581.051 habitantes (2010)

PARÁ (dividido)
Área: 224.631 km²

Municípios: 78 municípios

População: 4.555.000 habitantes (estimados)

CARAJÁS
Área: 296.620 km²

Municípios: 39 municípios

População: 1.650.000 habitantes (estimados)

TAPAJÓS
Área: 296.620 km²

Municípios: 39 municípios

População: 1.650.000 habitantes (estimados)


Celebridades fazem campanha contra a divisão do Pará

Jogadores de futebol, atrizes e cantores são contra divisão do Estado. Políticos de outros Estados defendem a separação.
Fafá de Belém: "Eu sou de um ‘País’ que se chama Pará. Juntos somos fortes e separados seremos reféns”

A atriz Dira Paes fará campanha contra a divisão do Estado.Henrique Ganso e o lateral-direito, Marcos Rogério Lopes, o Pará, já confirmaram participação na campanha pelo não à divisão do Estado.
  
Jogadores de futebol Paulo Henrique "Ganso" e "Pará", do Santos F.C., são contra a divisão.

Nilson Chaves: "Acho que a mobilização para essa questão é sempre muito pertinente e quanto mais pessoas para se manifestar melhor ainda. Eu, sem dúvida alguma, sou contra a divisão do Pará"

Juliana Sinimbú: "Sou contra a divisão, principalmente pela descaracterização cultural e histórica que o Estado sofreria. O Pará é um só, único por sua música, seus sons, cheiros, comida,... Não vale a pena desmembrar um estado tão rico e virarmos vítimas de uma situação desfavorável. Essa seria a maior perda"

Belenenses protestam contra a divisão do Pará
Cerca de três mil pessoas foras às ruas, neste domingo, 21 de agosto, protestar contra a divisão do Pará.