quinta-feira, 29 de julho de 2010

HOMENAGEM PARA "ANJO RAFAEL"

Amigos e parentes fizeram uma homenagem na madrugada desta quinta-feira (29) ao músico Rafael Mascarenhas, de 18 anos, filho da atriz Cissa Guimarães, no Túnel Acústico, na Gávea, zona sul do Rio de Janeiro. Ele morreu no local no dia 20 deste mês após ser atropelado quando andava de skate com alguns amigos.

Cissa Guimares chegou ao local à 1h30 bastante abatida e amparada pelo filho mais velho, Thomaz, que filmou a homenagem. A atriz também grafitou uma mensagem em um enorme coração pintado pelos amigos. O irmão e o pai do jovem, Raul Mascarenhas, fizeram o mesmo. Colegas de banda de Rafael levaram instrumentos musicais e tocaram várias canções dentro do Túnel Acústico. Raul usou o saxofone do filho morto. Cissa Guimares dançou, pulou e em vários momentos chorou. Ela deixou o Túnel por volta das 4h.

O estudante Rafael Bussamra, motorista do carro que atropelou e matou Rafael Mascarenhas, disse na terça-feira (27) que o rapaz fazia uma manobra de skate com a curva muito aberta e, por isso, não foi possível frear o carro. A afirmação, segundo a polícia, foi feita durante reconstituição do acidente no fim do Túnel Acústico, na Gávea, zona sul do Rio de Janeiro.

fonte: http://www.ig.com.br/


quarta-feira, 28 de julho de 2010

"TUNA INVADIDA POR CONVIDADOS NOS FINS DE SEMANA. E O SÓCIO, COMO FICA?"

Reproduzo matéria publicada no blog Didascália http://moraesdidascalia.blogspot.com/ , do amigo Marcos Moraes, como se segue:

"Conversas à boca miúda (e também graúda) dão conta de que neste mês de julho os finais de semana na Tuna Luso Brasileira estão bombando. Cada domingo que passa aumenta o número de frequentadores. Mas para tristeza de associados, Conselheiros, Beneméritos e Grandes Beneméritos, a maioria dos que passam a domingueira na Tuna não são associados do Clube, mas sim convidados. Muitos deles, têm ido três semanas seguidas, num total desrespeito ao Estatuto e ao Regimento Interno da Tuna, que diz que convidados não podem ir mais que uma vez ao Clube num mês. Não se sabe quem é o grande fornecedor de convites, mas giram dentro da Tuna muitas conversas sobre quem facilita entradas, inclusive que muitas delas sao vendidas ao preço de 10 reais. Um absurdo, se for verdade!
Esse caos que está acontecendo na Tuna Luso Brasileira é fruto principalmente do arrendamento que foi feito dos Bares e Restaurantes ao sr. Raimundo, pela atual Diretoria. O arrendatário é quem contrata garçons, cozinheiros, pessoal de limpeza e tudo o mais, numa liberdade nunca vista e que poderá em futuro causar problemas à Diretoria. Aliás, não se sabe se a Diretoria tem conhecimento de tudo o que acontece na Tuna, inclusive da grande frequência de não associados nos finais de semana, porque a verdade é que se vê de tudo na Tuna, menos os diretores, o que é de lamentar-se ainda mais.
Isso tudo acontecendo e quando um associado necessita de um convite, a dificuldade é grande, pois a Secretaria tem ordem de só fornecer cinco individuais ao mês, num total desrespeito a quem paga mensalidades ou tem título remido do Clube. Quer dizer, o sócio paga por um convidado que ele nunca viu, não sabe de onde veio.
Por outro lado, continuam os problemas nas piscinas, saunas e no Toboágua, que não funciona, embora a diretoria passada tenha recuperado totalmente o brinquedo. Também o futebol profissional, que dá mídia ao Clube, que poderia já estar trabalhando visando o Paraense de 2011, até o presente está completamente parado. É importante que seja feita urgentemente uma reunião com os membros do Conselho Deliberativo para se saber quais os rumos do Clube, porque a tristeza dos associados e cruzmaltinos é grande com o que está acontecendo com a centenária agremiação paraense."
Postado por Marcos Moraes de Lima

sexta-feira, 16 de julho de 2010

CRIAÇÃO DO CENTRO DE TREINAMENTO DO REMO DO BRASIL



Se você é a favor da criação do CENTRO DE TREINAMENTO DO REMO DO BRASIL no Estádio de Remo na Lagoa Rodrigo de Freitas, onde serão realizadas as competições dos Jogos Olímpicos de 2016, manifeste aqui o seu apoio.

O site remo2016 http://www.remo2016.com.br/apoio.htm acolhe comentários de todos, no entanto, reserva-se o direito de recusar acusações insultuosas e, por isso, os comentários enviados aguardam para serem publicados ou não. Em caso de dúvida ou se desejar enviar artigos, projetos, teses, fotos, vídeos etc. clique aqui

quinta-feira, 15 de julho de 2010

Saúde e esperança por meio do esporte


As manhãs de terças, quartas e quintas-feiras são de compromisso inadiável para Talita Zilá, de 10 anos. Logo cedo, ela e a mãe se preparam para uma rotina já conhecida de toda a família. A pé, caminham cerca de 20 minutos até a sede da Tuna Luso Brasileira, onde outras 199 crianças carentes participam do projeto Natação Cidadã. Durante uma hora os participantes aprendem as técnicas e movimentos do esporte e atividades recreativas. A ação é desenvolvida pelo clube sob o financiamento de três grandes empresas privadas atuantes no Estado e supervisão da Fidesa – Fundação para o desenvolvimento da Amazônia. Todos os participantes são estudantes de 8 a 15 anos de famílias que recebem até dois salários mínimos por mês. Como exigência do programa, eles devem frequentar regularmente a escola e manter bom desempenho acadêmico durante o ano. Quatro professores integram a equipe responsável pelo treinamento dos pequenos nadadores, que já exibem os primeiros resultados. Em menos de um ano, 12 crianças participaram de competições nacionais, recebendo passagens e hospedagens gratuitas do programa. Uma delas é a medalhista Ediele Souza, 9 anos, campeã nacional na categoria mirim 1. Parte da equipe está inscrita no Campeonato Brasileiro, em Foz do Iguaçu, no Paraná, no próximo dia 16 de julho.
VALORES REPASSADOS
A ex-atleta Ana Nery, vencedora do Campeonato Brasileiro de 2002, é uma das professoras mais populares. Frequentadora do espaço desde criança, ela agora repassa aos alunos o que aprendeu. “Incentivamos muito a disciplina e o respeito. A ideia é que eles levem esses valores para fora das piscinas também”, afirma. Para o extrovertido Wesley Pacheco, 11, as aulas de natação são o principal momento de diversão do dia. Junto com outros amigos, ele aguardava ansioso o início do treino. “Gosto muito de esportes, por mim ficava aqui o dia todo”. Para Rosa Ramos, mãe de Gabriel Coelho, 12, a integração no programa trouxe outros benefícios. “Antes ele só vivia na televisão, videogame, era um menino muito tímido. Além das amizades, a natação fez muito bem para a saúde dele”. Sobre o projeto, ela completa. “Se não fosse aqui, ele não estaria nadando em lugar algum, porque nos outros clubes é muito caro”. Orgulhosa, Edilene do Socorro observava de longe o treino de Talita. A dona de casa garante que a filha é uma ótima aluna. Ainda que precise fazer alguns sacrifícios para levá-la ao clube no horário exigido, ela não pensa em tirar a filha do programa. “Eu poderia ter desistido, mas faço de tudo para que ela não perca nenhuma aula”. Mesmo em julho a rotina do projeto é mantida. De acordo com o diretor de esportes aquáticos da Tuna, Osório Landry, projetos como esse beneficiam as empresas idealizadoras, o clube parceiro e, principalmente, a sociedade. “O nosso objetivo é proporcionar atividades educativas às crianças e assim resgatar também a equipe de natação do clube, que estava há alguns anos abandonada”.

INFORMAÇÕES
Sobre a abertura de novas vagas e como proceder para realizar inscrições, basta entrar em contato pelo telefone 3219-2805 ou através do email tunanatacao@gmail.com. (Diário do Pará)

terça-feira, 13 de julho de 2010

FABIANO NEGA ACORDO TUNA-PAYSANDU E FALA DE EXONERAÇÃO DE DIRETOR

"O presidente Fabiano Bastos me liga e, dentre outros assuntos, me garantiu que a conversa do presidente do Paysandu não tem nenhum fundamento. "Jamais farei algum negócio com o Paysandu para beneficiar somente aos torcedores da equipe alviazul. O presidente Luiz Omar, do Paysandu, até me ligou chateado, dizendo que o que queria era ajudar à Tuna. Mas desse jeito, querendo que nós liberemos o Clube para eles frequentarem? Então desmenti e não aceitei nada", garantiu o presidente da Águia. Fabiano disse ainda que está trabalhando para em agosto prestar contas de sua administração e pretende, ainda este ano, criar um site para que o associado tenha acesso às contas do Clube. Fabiano Bastos disse ainda que alguns dos diretores que foram eleitos com ele já não estão mais na diretoria da Tuna. Um deles é Jorgeney dos Santos, que pediu o seu desligamento e o presidente aceitou. "Quero comigo quem tiver vontade de trabalhar e ajudar. Quem não quiser, é só pedir o boné que eu aceito", falou o presidente. Questionado sobre alguns problemas que continuam no Clube, o presidente lamentou ter que tomar a frente de tudo, porque "as responsabilidades têm que ser divididas, mas na hora h, muitos falham e a gente, que é o responsável maior, tem que tomar toda responsabilidade para si e resolver os problemas", finalizou Fabiano."
fonte: Blog http://moraesdidascalia.blogspot.com/- Postado por Marcos Moraes de Lima

Tuna Luso no Campeonato Brasileiro Infantil de Natação

O Campeonato Brasileiro Infantil (Troféu Rubens Dinard de Araújo) será realizado em Foz do Iguaçu, Paraná, no período de 16 a 18 de julho de 2010. A Tuna estará representada somente por um atleta, Vinícius Silva, nosso campeão paraense na categtoria Infantil 1, que competirá em quatro provas: 50 m livre, 100 m livre, 100 m borboleta e 200 m borboleta. A lista inicial dos atletas inscritos por prova e seus tempos já está disponível (clique aqui). Pelo balizamento, será um campeonato dificílimo e de alto nível, com os melhores nadadores do país na categoria de 13-14 anos. Estaremos todos torcendo pelo Vinícius!!!

Vinicius Silva: Melhor Índice Técnico Infantil I

Vinícius Silva teve um desempenho excelente no seu primeiro Campeonato Paraense de Piscina Curta. Defendendo a Tuna na categoria Infantil 1, ele nadou em cinco provas individuais, ganhando quatro medalhas de ouro e uma medalha de prata. Além disso, ele contribuiu muito para que a Tuna ganhasse uma medalha de prata e três medalhas de bronze nas competições de revezamento. Ao final do campeonato, Vinicius foi escolhido como o melhor índice técnico de sua categoria, por ter obtido 29’69 nos 50 m borboleta. Parabéns ao Vinícius!!!

domingo, 11 de julho de 2010

Remadora paraense está fora

Wildemar Paiva, o Lindão, técnico da Tuna

Técnico da atleta Nayara Pena, que hoje está na Gávea, afirma que houve discriminação da confederação

A Confederação Brasileira de Remo (CBR) não considerou os resultados oficiais da remadora paraense Nayara Pena, 17, e acabou não a relacionando para o Campeonato Mundial Juniores de Remo, de 1 a 8 de agosto, em Racice, na República Tcheca. A entidade ignorou a atual performance da atleta que recentemente trocou o Botafogo pelo Flamengo devido à boa proposta do clube da Gávea.
Um dos pontos sustentado pela CBR para a não convocação de Nayara é relacionado ao pouco tempo de atividades no remo brasileiro. Segundo informações da confederação, Nayara deveria ser mais experiente. Tese que é contestada pelo técnico Wildemar Paiva, o Lindão, da Tuna, responsável pela ascensão da paraense no remo paraense e nacional.
Com experiência de quase quatro décadas dedicada ao esporte, Lindão aponta a atleta como fenômeno do remo brasileiro. ‘’Não procede esta situação colocada pela confederação. Ora, se ela tem apenas um ano de remo e está fazendo estes ‘estragos’, então, ela é excepcional. Deveria ser convocada pra seleção, e com certeza traria medalhas. Vejo essa situação como uma discriminação ao remador do Norte". Segundo o técnico, "Nayara não é um futuro, mas uma realidade do remo brasileiro, pois com 17 anos já atingiu nível elevado e superou o patamar pré-estabelecido pela confederação para treinos da seleção brasileira. Por que, então, não foi convocada?", indaga. Lindão diz ainda que a jovem, na idade dela, tem o segundo melhor tempo de skiff no remo indoor no mundo. ‘’É mais um ponto favorável para ela, contudo, Nayara está fora do mundial por capricho da confederação’’, ressalta.
Indagado se houve interferência do Botafogo pelo fato da paraense ter se transferido para o Flamengo, o treinador acredita que não, mas fica em dúvida. ‘’Tudo é possível, né?’’, diz.
Nayara está passando uns dias em Belém. Licenciada pelo Flamengo, veio rever familiares. Ela viajou para o Rio no começo do ano, desde então não vê pais e amigos. A história de Nayara no esporte paraense é sublime. Cria da natação da Tuna, foi várias vezes campeã pela Cruz de Malta. Depois quis seguir no futebol feminino. Andou jogando pelo Independente, onde ganhou o carinhoso apelido de Mutante. Depois foi praticar remo, onde teve suas primeiras remadas no Leão Azul.
Flamengo ofereceu o dobro do salário
Já com perfil de remadora Nayara passou para a Tuna. Sob orientação técnico de Wildemar Paiva despontou na baía de Guajará. Vencido o primeiro desafio, ela se transferiu para o Botafogo, do Rio, que nada pagou a Tuna. Ganhou uma remadora de primeira qualidade.
O alvinegro carioca começou a falhar com a paraense. Além da demora do repasse da ajuda de custo da remadora, também não cumpriu com a promessa de doar passagem para visitar parentes em Belém. ‘’Outros remadores ganhavam passagens, eu não. A situação começou a piorar com atraso da minha bolsa de ajuda. Um dia recebi convite de um dirigente do Flamengo. Conversamos bastante e diante dos fatos resolvi aceitar a proposta deles (Fla)’’, relata, acrescentando que além da passagem aérea para Belém, terá ainda o dobro do salário que o Botafogo pagava, netbook, alimentação, moradia e colégio pago pelo clube. ‘’É um clube que lhe oferece toda uma estrutura’’, conta. Também o Vasco tentou contratá-la.
Reforço - Neste ano, Nayara não pode mais remar pelo Flamengo devido a ter participado de competição oficial pelo Botafogo, mas vai disputar o campeonato Sul-americano no mês de novembro pelo rubro-negro carioca. Para mantê-la em forma o Flamengo decidiu emprestá-la à Tuna para disputar a quarta e quinta regata do campeonato paraense. Detalhe no troca-troca: a Tuna pede sua transferência do Botafogo e depois repassa ao Flamengo. Hoje uma transferência interestadual é grátis, segundo regulamento da CBR, ao contrário de transferência local.
Mayara, ao lado das gêmeas Dani e Gabi, do nado sincronizado, são agora as maiores representantes do esporte paraense no maior clube do Brasil. ‘’Se antes já era Mengão, agora sou dez vezes mais’’, diz, orgulhoso, Nélio Penna, que foi jogador amador na juventude.

quinta-feira, 8 de julho de 2010

TUNA ABANDONADA PELA MÍDIA

Matéria retirada do blog Didascália http://moraesdidascalia.blogspot.com/

"Como cruzmaltino é triste olhar os jornais diários, os noticiários das emissoras de Rádio, de TV e não encontrar nenhuma notícia da Tuna Luso Brasileira. A Águia nunca passou por uma situação tão desastrosa, tão abandonada pela mídia em todos os seu setores. Quando aparece é notícia ruim. De repente uma notinha de pé de página diz que o presidente do Paysandu quer ajudar a Tuna. Inclusive que almoçou com o presidente Fabiano Bastos. Rápido, Fabiano desmente e nem para que se crie um factóide a notícia serve. Primeiro porque Luiz Omar se tivesse proposta para a judar a Tuna teria trabalhado era junto à FPF, no sentido de subirem em vez de quatro, seis clubes, perfazendo 10 no Paraense de 2011. Não houve esforço, continuaram os 8 antigos (no menor Campeonato doPaís!) e até piorou, pois em vez de subirem quatro equipes, baixou para duas, numa combinação que só prejudicará a Tuna. Que anjos são esses?"
Postado por Marcos Moraes de Lima

POESIA DE QUINTA

Pessoal,
Há alguns anos, aqui em São Luís, um movimento cultural de vanguarda tem a teimosia de continuar vivo: a Confraria do Aprendiz de Feiticeiro.
Para os que não são ou não moram na Ilha do Amor, cabe uma breve explanação: a Confraria do Aprendiz de Feiticeiro é uma reunião de pessoas amantes da cultura, sob todas as formas, que se encontram (em geral, uma vez por mês) para tocar boas músicas, declamar poesias, dançar, bater papo, filosofar, rir..., enfim, para curtir a "magia" da vida.
As reuniões são em locais variados: no apê do Confrade-mor, em locais públicos, na Praia da Guia ...O lugar não importa muito, o importante é rever os amigos, desfrutar bons momentos em excelentes companhias.
O idealizador e promotor cultural deste imprescindível movimento faz aniversário hoje: meu querido Gois Jr - músico, poeta, advogado, professor, blogueiro, agitador cultural... Um homem inteligente, bonito, delicado, sensível, meu Confrade-Mor!!!
Para ele dedico a Poesia de Quinta de hoje, com uma poesia do próprio, que eu adoro: "Por falar em Alice..."
Recomendo fortemente também a leitura do blog dele: Matraca Digital. O endereço segue abaixo:

http://matracadigital.blogspot.com/
Beijos enfeitiçados,
Deíla

E por falar em Alice…
José Caldas Gois Jr.

ALICE !
Como que caído do buraco do Coelho
Num mundo nonsense de uma
Alice de imaginação tão cheia
Sou todo estranho; aprecio ser espanto!
Pintor de quadros realistas
Fotógrafo de fotos surreais
Advogado artista
Aprendiz dos meus filhos
Mestre dos meus pais
Poeta lírico num tempo de poesia concretacético com pensamentos transcendentais
Romântico obsceno
Um adversário ameno,
Um amigo mordaz.
Mestre chapeleiro, não gosto de aniversários, desnecessários,
Comemoro a vida todos os dias!
Sempre apressado;
quem vê a vida da metade estatística dela vive essa síndrome do Coelho
Abre-se minha saia (se eu usasse uma)
E me vejo no espelho:
Onde eu subia, eu caio
Onde era azul, sou vermelho.
Como que caído no buraco do Espelho
Num mundo Alice de uma nonsense imaginação tão cheia
Sou todo espanto, aprecio ser estranho!

PS: A leitura excessiva destes textos pode ocasionar dependência cultural.

domingo, 4 de julho de 2010

TUNA DECEPCIONA NA REGATA. REMO VENCE.

Matéria divulgada no Blog Didascália http://moraesdidascalia.blogspot.com/

"A Tuna voltou a ser um fiasco na Regata de hoje na Baía do Guajará. A equipe cruzmaltina só conseguiu fazer 17 pontos, ficando em terceiro lugar, atrás de Paysandú com 24 pontos e do Clube do Remo que voltou a vencer a terceira regata do ano, perfazendo 26 pontos. No total de pontos o Remo lidera o Campeonato de 2010 com 81 pontos, o Paysandú vem em segundo lugar com 59 pontos e a Tuna em terceiro com 57. Há tempos que a Tuna não fazia campanha tão ruim.
O Remo voltou a liderar os primeiros lugares, ganhando quatro e a Tuna e o Remo ganharam três cada. A torcida cruzmaltina saiu mais uma vez decepcionada com a equipe, que vem caindo a cada regata. Embora tenha ganho três primeiros lugares hoje, a Águia fez um ponto a menos do que na regata passada. A queda de produção da Tuna, segundo comentários feitos por torcedores, simpatizantes e frequentadores da garagem náutica, vem acontecendo desde a saída do Benemérito Jacinto Campina da diretoria. Em 2009, Jacinto conseguiu segurar toda a equipe que vinha do ano anterior e com um trabalho dos mais dignos, conseguiu ganhar o campeonato do ano passado antecipadamente, praticamente obrigando a Remo e Paysandú a se movimentarem com suas equipes para não fazerem feio este ano. Mas um desentendimento entre os diretores fez com que Campina saísse e até o momento não houve uma substituição na diretoria náutica. Com o acúmulo de trabalho e tarefas para Wildemar Paiva, o Lindão, houve uma natural queda de rendimento na equipe. A verdade é que a diretroia da Tuna praticamente abandonou a garagem náutica, isso ficou caracterizado com a saída de Jacinto Campina e o que está acontecendo agora já era até esperado. Hoje mesmo, na regata, não havia um diretor para dar apoio aos atletas. "Esse também é um dos problemas que Carvalho e Lindão têm que enfrentar sòzinhos", diz uma atleta tunante revoltada com a falta de apoio à garagem náutica. Grupo de torcedores ficaram revoltados no fim da regata de hoje, e pediam a volta urgente de Campina para a sede náutica, se é que a Tuna ainda pretende sonhar com o título do ano. Ficaram de marcar uma reunião para tentar uma solução para a garagem náutica, como pedir a volta de Jacinto Campina e a tentativa de gerar um incentivo financeiro para ver se a Tuna consegue recuperar-se nas duas próximas regatas."
Postado por Marcos Moraes de Lima

OPINIÃO DO BLOG DA ATAT

Por razões profissionais e devido não estarmos em Belém no momento, não foi possível assistirmos a regata de hoje na Estação das Docas.

Em relação ao comentário feito no blog Didascália, concordamos com tudo que o editor escreveu e até acrescentariamos mais fatos e causas. Achamos apenas que os problemas da garagem náutica da Tuna não se resumem a falta de apoio da diretoria e ao afastamento do dinâmico e competente diretor Jacyntho Campina.
Os problemas são muitos e começaram a se agravar principalmente no final do ano passado, após a conquista do título de 2009 e com a saída do diretor Jacyntho. Até os poucos colaboradores e abnegados que costumavam ajudar voluntariamente também se afastaram por motivos diversos. Para vocês terem uma idéia, no início da temporada 2010 a garagem chegou a ficar sem geladeira e sem fogão. Conseguimos através de doação, no mês de março, um fogão semi-novo de seis bocas e uma máquina nova de lavar roupas que passaram a fazer parte do patrimônio do clube. Desde março, recebemos R$200,00 doados pelo colaborador Jaime Eiras para ajudar a comprar uma geladeira nova para a garagem. A questão é que até o momento não conseguimos o restante do dinheiro necessário (cerca de + R$500,00) para adquirirmos a referida geladeira. Até a cota de biscoitos e massas que a fábrica Ricosa nos enviava mensalmente, para complemento alimentar dos atletas, foi inexplicávelmente cortada pela diretoria.
Enfim, os problemas da garagem são enormes. O que fazer?

sábado, 3 de julho de 2010

ADIÓS HERMANOS, ADIÓS LARISSA RIQUELME!


Larissa Riquelme torcendo pelo Paraguai

Para os amantes do futebol e críticos de plantão que esperavam uma final sul-americana na Copa da Africa do Sul, a surpresa foi geral.

As quartas de final até iniciaram bem para os confiantes sulamericanos com o heróico resultado do Uruguai frente ao forte selecionado de Gana, obtendo uma suada vitória na cobrança de penalti e conquistando a primeira vaga da semi-final, depois de 40 anos de longa espera. Pensava-se então que outras seleções sulamericanas também conseguiriam com facilidade a classificação mas os resultados que se seguiram frustaram a todos. No mesmo dia, a badalada seleção canarinho do Brasil foi surpreendida e desclassificada pela esforçada seleção laranja da Holanda. A derrota brasileira foi motivo de muita piada para os nossos "hermanos" alvi-celestes.

Faixa de gozação.

No dia seguinte, os "hermanos" gozadores jogariam contra os alemães e achavam que iriam vencer com facilidade. Diziam até que estavam "tristes" pela derrota brasileira pois assim não mais iriam nos enfrentar na final. Quanta prepotência!

Era de se esperar que os argentinos fizessem gozação com o fracasso da seleção brasileira na Copa da África do Sul. Maradona não soltou nenhuma piadinha, mas a torcida argentina não esqueceu a rivalidade. Na entrada do estádio Green Point, na Cidade do Cabo, antes da partida com a Alemanha neste sábado, um grupo exibiu uma faixa ironizando a derrota para a Holanda: "Que te pasha Brasil, tas nervioso?". Nada melhor do que um dia atrás do outro. Vinte e quatro horas após da eliminação brasileira, a história se repetiu. A Alemanha mais uma vez fez a Argentina dar "adiós" a Copa do Mundo. Em 2006, os hermanos haviam perdido também nas quartas de final e agora, testemunharam o passeio alemão, perdendo por 4 a 0, na manhã deste sábado (3), no Green Point, na Cidade do Cabo. Os gozadores "hermanos" bocudos cairam feio de quatro para os alemães e também voltaram para casa antes do esperado.
Hermano desconsolado

Sobrava apenas o Paraguai que enfrentaria a Espanha na parte da tarde. Tanto paraguaios quanto brasileiros e até mesmo muitos torcedores da Espanha queriam mesmo que o Paraguai vencesse o jogo para ver se concretizar a promessa da modelo paraguaia Larissa Riquelme de desfilar pelada numa praça de Assunção caso o Paraguai passasse para a semi-final. Promessa parecida fez o folclórico Maradona que afirmou que desfilaria pelado numa praça de Buenos Aires caso a Argentina fosse a campeã. Felizmente a promessa de Maradona não se concretizou mas infelizmente para nós e para os paraguaios a modelo Larissa não poderá concretizar sua promessa. Das oito seleções que disputaram as quartas de final, quatro eram sulamericans, três européias e apenas uma africana. No final, ficaram as três seleções do velho continente e apenas uma sulamericana. No final, brasileiros, argentinos e paraguaios voltaram tristes e abraçados para casa lamentando a desclassificação.

O sonho de uma final entre sulamericanos foi adiado para 2014 no Brasil. Adiós hermanos, adiós Larissa!