quinta-feira, 28 de janeiro de 2010

FESTA DO ANIVERSÁRIO DE 107 ANOS DE FUNDAÇÃO DA TUNA LUSO BRASILEIRA


Apesar da data comemorativa ter sido no dia 1º de janeiro, a festa do aniversário da TUNA LUSO BRASILEIRA "107 ANOS DE GLÓRIAS" acontecerá apenas neste sábado, 30/01, na boite refrigerada do clube, com a realização de baile em grande estilo, conforme informa a promotora de eventos do clube, Alessandra.
Todos estão convidados. PARTICIPE!

DATA: 30 de janeiro
Mesas na secretaría do clube - INFORMAÇÕES: 3219-2805
Valor da mesa: R$ 40,00
Atração: BANDA EVIDENCY
Início: 22:30h
Traje: ESPORTE CONDIGNO

Domingo (31/01): Rainha do Esporte Cruzmaltino
INFORMAÇÕES NA SECRETARIA DO CLUBE

SAIBA COMO AJUDAR AS VÍTIMAS DO HAITI

Faça a sua doação:
Banco do Brasil
Agência: 1769-8
Conta: 5113-6
Favorecido: VIVA RIO DOAÇÕES
CNPJ: 00343941/0001-28

Para doações efetuadas de outros países:
Bank: Banco do Bra
sil
C/C ; 100065090
ABA 026003557
SWIFT BRASUS33

OUTRAS CONTAS:
Banco: HSBC
Agência: 1276
Conta Corrente: 14526-84
CNPJ (CICV): 04359688/0001-51


A Divisão de Assistência Consular (DAC), do Núcleo de Assistência Consular do Ministério das Relações Exteriores, colocou linhas de telefone à disposição da população para buscar informações sobre familiares no Haiti:
(61) 3411-8803 / 8804 / 8805 / 8809 / 8817 / 8818 / 6270 / 9718

Conheça as ações do Viva Rio no Haiti
Leia também:
Projeto "Honra e respeito por Bel Air"
Vídeo sobre o cotidiano dos militares da MINUSTAH
Um jeitinho brasileiro de fazer paz
Dossiê "Haiti: um país em reconstrução"
Blog haiti Ici (em francês)
Blog dos pesquisadores da Unicamp no Haiti
Pesquisas e documentos do Viva Rio no Haiti
http://www.unicefusa.org/













quarta-feira, 27 de janeiro de 2010

QUEM SOU EU?

Nesta altura da vida já não sei mais quem sou...
Vejam só que dilema!!!
Na ficha da loja sou CLIENTE, no restaurante FREGUÊS, quando alugo uma casa INQUILINO, na condução PASSAGEIRO, nos correios REMETENTE, no supermercado CONSUMIDOR. Para a Receita Federal CONTRIBUINTE, se vendo algo importado CONTRABANDISTA. Se revendo algo, sou MUAMBEIRO, se o carnê tá com o prazo vencido INADIMPLENTE, se não pago imposto SONEGADOR. Para votar ELEITOR, mas em comícios MASSA, em viagens TURISTA, na rua caminhando PEDESTRE, se sou atropelado ACIDENTADO, no hospital PACIENTE. Nos jornais viro VÍTIMA, se compro um livro LEITOR, se ouço rádio OUVINTE. Para o Ibope ESPECTADOR, para apresentador de televisão TELESPECTADOR, no campo de futebol TORCEDOR. Se sou Vasco ou Fluminense, SOFREDOR. Agora, já virei GALERA. (se trabalho na ANATEL , sou COLABORADOR) e, quando morrer... uns dirão... FINADO, outros .... DEFUNTO, para outros .... EXTINTO, para o povão ... PRESUNTO. Em certos círculos espiritualistas serei ... DESENCARNADO, evangélicos dirão que fui ... ARREBATADO.
E o pior de tudo é que para todo governante sou apenas um IMBECIL !!!
E pensar que um dia já fui mais EU.

Luiz Fernando Veríssimo.

terça-feira, 26 de janeiro de 2010

Máquina de lavar roupas e liquidificador para a garagem náutica

Foto da máquina de lavar e do liquidificador comprados para a garagem náutica
MÁQUINA DE LAVAR ROUPAS E LIQUIDIFICADOR
Efetuamos nessa segunda-feira (25/01), nas lojas Y. Yamada, a compra de uma máquina doméstica de lavar roupas top max 5.0kg SUGGAR (valor: R$299,00) e um liquidificador Pulsar 400w, marca Black and Decker (valor: R$69,00) para a sede náutica da Tuna.
Entregamos o referido material para o técnico "Lindão" e para a dona Maria na garagem náutica. A doação desse material foi feita pelos amigos Fernando Bartholomei (Petrópolis-RJ) e Jaime Eiras (Belém).
Até o final dessa semana entregaremos na garagem um fogão semi-novo, de seis bocas, doado pela Sra. Leonor Teixeira.
Todos esses materiais que foram doados farão parte em definitivo do patrimônio da sede náutica da Tuna.
Agradecemos a todos os amigos pela colaboração e com as doações e conclamamos aos demais que ajudem a sede náutica da Tuna Luso Brasileira.
OCRIM FORNECE BISCOITOS E MASSAS
Informamos que pegamos nessa segunda-feira, 25/01, na fábrica da OCRIM (BR-316) e entregamos na garagem náutica, a cota mensal de biscoitos e massas Trigolino fornecida pela Ricosa para complemento alimentar dos atletas que remam na garagem náutica.
PÃO DIÁRIO PARA GARAGEM
O pão diário servido no café da manhã dos atletas continua sendo fornecido pela padaria 16 de Novembro, do amigo Mário.
Agora, só está faltando uma geladeira para a garagem. Se alguém poder nos ajudar é só entrar em contato com o e-mail gerardo.monteiro@gmail.com

domingo, 24 de janeiro de 2010

Torneio Pensado na Tuna Luso Brasileira

1º CIRCUITO DE XADREZ PENSADO - FEXPA 2010

INÍCIO: 13:30h - TÉRMINO: 19:00h
SISTEMA SUÍÇO
Data: 30/01 E 31/01 - 5 RODADAS

Local: Sede da TUNA LUSO BRASILEIRA

mapa70 MINUTOS - XADREZ PENSADO

RELATÓRIO COMPLETO

INSCRIÇÕES: R$ 15,00 - GERAL / R$ 10,00 - FILIADOS
Lauzeniro 3248-6213 / 91150869 lauzeniro@fexpa.org.br
Clauber Martins 81335412 clauber@fexpa.org.br

PROGRAMAÇÃO
30/11 - Término das Inscrições e Congresso - 14:00h.
30/11 - 1ª rodada - 14:30h
30/11 - 2ª rodada - 17:30h
31/11 - 3ª rodada - 10:00h
31/11 - 4ª rodada - 14:00h
31/11 - 5ª rodada - 16:30h
31/11 - Cerimônia de Premiação - 18:00h

PREMIAÇÃO
1º Lugar - VAGA SEMICPX2010 - TROFÉU - ??
2º Lugar - VAGA SEMICPX2010 - MEDALHA - ??
3º Lugar - VAGA SEMICPX2010 - MEDALHA - ??
REALIZAÇÃO: FEXPA - FEDERAÇÃO DE XADREZ DO PARÁ

TJD adia decisão e Campeonato Estadual

A situação do Cametá no Campeonato Paraense continua sem definição. A ação do mérito de nulidade da participação do clube, que seria avaliada ontem no Tribunal de Justiça Desportiva (TJD), foi adiada por falta de quorum. Somente dois auditores compareceram à sessão, que estava prevista para ser iniciada às 17 horas. Eram necessários pelo menos cinco auditores, de um total de nove, para que o processo fosse julgado. De acordo com o presidente do TJD, André Silva Oliveira, será marcada uma nova data para o julgamento, provavelmente em fevereiro.
A medida desagradou os representantes de Tuna Luso e Castanhal, que lutam para derrubar o Cametá do certame e agora veem as chances de conseguir isso cada vez mais distante. “O Tribunal (de Justiça Desportiva) está perdendo a seriedade. Empurrou com a barriga para não tomar a decisão”, vociferou o presidente da Tuna, Fabiano Bastos.
Para o advogado do Castanhal, Hamilton Gualberto, apesar de poder recorrer ao Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), afirma que provavelmente não irá fazer isso, pois a medida não seria positiva ao Castanhal.
“Como o Tribunal não reuniu, o que se poderia fazer é uma intervenção do Superior Tribunal de Justiça, mas o Castanhal não vai ser beneficiado com isso. O máximo que vai acontecer é a Federação receber uma advertência”, explica. Ele vai além. “Fiquei decepcionado com o relator (Antonio Carlos Nascimento), que cassou a liminar na calada da noite e depois fugiu”, acusa. Com o adiamento, a decisão sobre a ação declaratória de nulidade do convite feito ao Cametá pela FPF, o Parazão continua com as rodadas normalmente.
fonte: Rádio Clube do Pará - 23/01/2009

quinta-feira, 21 de janeiro de 2010

Eiji, filho de Haroldo Lisboa, fará intercambio cultural no Brasil


Quem chegará ao Brasil no próximo mês de fevereiro é o jovem Eiji, filho do amigo, grande abnegado e divulgador incansável da Tuna, Haroldo Lisboa.
Eiji tem 20 anos, cursa o 2º ano de Letras no Japão e deverá passar um ano em Belém fazendo intercambio na Universidade Federal do Pará. Eiji entende bem o portruguês mas fala pouco, com sotaque paraense e precisa praticá-lo mais para conhecer melhor a cultura de seus pais.
Assim que o Eiji chegar ao Brasil, ele ficará na casa de seus avós e certamente iremos fazer o possível para deixá-lo a vontade e que tenha uma boa estadia. Levaremos ele para conhecer a sede da Tuna, garagem náutica e o estádio do Souza.
A foto maior (esq.) é de uma parte da turma boa do amigo Haroldo, no Japão, também envolvidos com a causa do esporte por lá. Na outra foto (dir.) tem o amigo Haroldo, seus amigos e seu filho Eiji, logo atrás da camisa verde (está com uma garrafinha de saque na mão - o de óculos, do lado direito).
Ao amigo Haroldo Lisboa informamos que pode ficar tranquilo pois faremos o possível para deixar seu filho Eiji a vontade para que tenha uma boa jornada e intercambio cultural em Belém.
Eiji, seja bem vindo!

terça-feira, 19 de janeiro de 2010

Castanhal volta ao ataque

Clube dá entrada com ação no Tribunal de Justiça Desportiva contra o Presidente da Federação Paraense
O Castanhal entrou ontem com uma ação no Tribunal de Justiça Desportiva contra o presidente da Federação Paraense de Futebol, Antônio Carlos Nunes de Lima. Segundo o advogado do clube, Hamilton Gualberto, a intenção é que seja instaurado um processo administrativo para investigar as ações do Coronel Nunes.
'Tomamos conhecimento que ele (Nunes) manteve as funcionárias do tribunal bem além do horário delas e, depois, levou o processo ao relator Antônio Carlos Nascimento para que ele desse a liminar liberando o começo do Campeonato Paraense. Ele não tem autoridade para levar consigo esses documentos, ainda mais devolvendo-os apenas hoje (ontem), o que é uma atitude ilegal', disse Gualberto. 'Ele (Nunes) disse que o risco da anulação da rodada é zero. Ele não pode dizer essas coisas, não pode antecipar isso por colocar o tribunal sob suspeita', completou o advogado.
O presidente da FPF afirmou não ter sido notificado sobre a ação e que por conta disso não a comentaria. Sobre ter dito que 'o risco da anulação da rodada é zero', Nunes afirmou que não se recorda de tal declaração. 'Não me lembro de ter dito isso. Eu não posso dizer se o campeonato vai parar ou continuar. O processo está no tribunal e temos que esperar.'
Gualberto também informou que é intenção do Castanhal pedir o afastamento do procurador relator do caso, alegando falta de isenção. 'O relator não poderia cassar a liminar porque isso só poderia ter sido feito por uma instância superior, que no caso é o Superior Tribunal de Justiça Desportiva. Por conta disso pediremos a suspensão do relator do caso entendendo que não há isenção.'
Antônio Carlos Nascimento não foi encontrado pela reportagem. O julgamento do mérito será feito nessa sexta-feira, pelo Pleno do Tribunal de Justiça Desportiva. A segunda rodada do Campeonato Paraense começa já no dia seguinte.
O caso - Na sexta-feira à tarde o TJD suspendeu o Campeonato Paraense após analisar o pedido de exclusão do Cametá do campeonato, feito pelo Castanhal através de uma ação cautelar. À noite, no mesmo dia, o relator do caso, Antônio Nascimento, concedeu liminar liberando o começo da competição.
fonte: Amazônia Jornal - Edição de 19/01/2010

sexta-feira, 15 de janeiro de 2010

A bola vai rolar no parazão

Relator cassa liminar concedida pelo presidente do tjd e início do estadual permanece marcado para amanhã
Fonte ligada à Federação Paraense de Futebol (FPF) garante que a primeira rodada do Campeonato Paraense será mantida, com a disputa de quatro jogos.
A liminar que suspendia a competição, concedida pelo presidente do Tribunal de Justiça Desportiva (TJD), André de Oliveira, foi cassada pelo relator do processo, Antônio Carlos Nascimento, por volta das 22h30 de ontem. O informante garante que Nascimento tem o poder de revogar ou manter em parte as determinações do presidente porque o processo ainda está em andamento.
'Ele decidiu manter o julgamento do mérito para a próxima sexta-feira, 22. O relator considera que o prejuízo seria muito grande se a rodada fosse cancelada', reforçou.
Assim, a informação seria repassada os clubes de forma extraordinaria, confirmando os jogos de acordo com a tabela original do Parazão: Paysandu x Independente e Cametá x Águia, ambos no domingo, às 16 horas, na Curuzu e Parque do Bacurau, respectivamente; Remo x Ananindeua, na segunda-feira, às 20h30, no Baenão; e São Raimundo x Santa Rosa, na quarta-feira, também no Evandro Almeida, às 15h30.
De acordo com a fonte, o documento que autoriza a rodada já estava ainda ontem nas mãos do presidente da FPF, Antônio Carlos Nunes, e só seria divulgado na segunda-feira.
O dirigente, que tomava posse da FPF ontem, não foi encontrado para confirmar a informação. O telefone celular do presidente estava fora da área de serviço.
Na tarde de ontem, o presidente do Tribunal estipulou multa de R$ 1 mil à FPF caso a determinação de adiar o campeonato fosse desobedecida. A Federação, no entanto, antecipou que iria recorrer ao Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), no Rio de Janeiro, para manter a rodada.
O problema é que o documento não chegaria à capital carioca antes do final do expediente da entidade. A liminar concedida por André de Oliveira atendia ao pedido do advogado do Castanhal, Hamilton Gualberto. O clube defende que a participação do Cametá no Parazão é ilegal.
A equipe não poderia ter sido convidada para atuar na primeira etapa da divisão de elite. A FPF alega que o clube ganhou o direito de disputar o torneio por índice técnico.
Mandatário queria evitar risco de cancelamento após rodada inicial
Quando acatou o pedido de liminar feito por advogados do Castanhal para que o Parazão fosse adiado, André de Oliveira, presidente do TJD, julgou que era mais prudente protelar o início do campeonato até a decisão do processo do que correr o risco de cancelar todo o torneio depois da primeira rodada.
'Caso as ações (contra a participação do Cametá) sejam julgadas procedentes, os jogos seriam todos cancelados. E aí o torcedor já pagou ingresso, a imprensa foi mobilizada... Quando o prejuízo é menor? Parar agora ou deixar para depois da primeira rodada?', questionou o presidente do TJD, no final da tarde de ontem.
Tuna Luso e Castanhal, eliminados na primeira fase do Estadual, iniciaram uma campanha no TJD contra a participação do Cametá no campeonato. Como o time não se classificou tecnicamente e só disputou a primeira fase porque o Pinheirense abriu mão da vaga, os advogados da Tuna e do Castanhal defendem que a equipe cametaense fora convidada pela Federação Paraense de Futebol (FPF), o que é proibido de acordo com a lei nº 10.671, conhecida como Estatuto do Torcedor.
A única chance de garantir a realização da primeira rodada do Estadual seria um recurso pedindo a suspensão da liminar do TJD, que precisaria ser feito pela FPF ou pelo Cametá ao Superior Tribunal de Justiça (STJD), no Rio de Janeiro. Esse recurso, porém, só seria protocolado na próxima semana. Por outro lado, a suspensão da liminar poderia ser em vão caso os auditores do processo contra o Cametá e a FPF aceitem os argumentos da Tuna Luso e do Castanhal e cancelem a competição.
Tuna e Castanhal contra Cametá e a FPF
Dezembro
Tuna Luso e Castanhal não se classificaram à fase principal do Parazão e anunciaram que entrariam com um pedido no TJD para que o campeonato fosse cancelado, pois o Cametá não se classificou por méritos técnicos, mas sim porque o Pinheirense abriu mão de participar da competição.
4 de janeiro
Advogados da Tuna Luso e do Castanhal protocolaram no TJD duas ações declaratórias de nulidade de competição, pedindo que a primeira fase do campeonato fosse cancelada por descumprimento ao Estatuto do Torcedor.
13 de janeiro
Por maioria de votos, o TJD decidiu baixar o processo em diligência e, em prazo não determinado, chamar os clubes participantes da primeira fase para que se manifestassem sobre a inclusão do Cametá na competição.
14 de janeiro
O Castanhal entrou com um pedido de liminar para que a primeira rodada da segunda fase do Parazão-10 seja suspensa até que o mérito do processo conta o Cametá e a FPF seja julgado, sob a justificativa de não causar 'prejuízos irreparáveis'.
15 de janeiro
Sob a alegação de que o não-julgamento do processo contra o Cametá e a FPF cria uma 'situação de extrema insegurança jurídica (...) para toda a coletividade desportiva', o presidente do TJD decidiu acatar o pedido do Castanhal e marcar o julgamento do processo para sexta-feira, 22.
fonte: Amazônia Jornal - Edição de 16/01/2010

Justiça desportiva suspende o campeonato paraense

O campeonato paraense acaba de ser suspenso por uma decisão da Justiça Desportiva.

O Tribunal de Justiça Desportiva do Pará tomou a decisão ao analisar o pedido de exclusão do Cametá do campeonato, que foi pedida pelo Castanhal, através de uma ação cautelar.

O mérito da causa será julgado na próxima sexta-feira, onde será decidido se o Cametá deve ficar no campeonato. Segundo o advogado do Castanhal, Hamilton Gualberto, a suspensão é benéfica aos torcedores que não terão prejuízos em relação a jogos que podem ser depois anulados.

O advogado também criticou a posição de clubes que são contra a suspensão “Existem clubes que não se preocupam com os torcedores. Do que vai adiantar iniciar o campeonato se o dinheiro dos torcedores for desperdiçado com os jogos que serão anulados? Temos também que ver o lado do torcedor nessa disputa” afirma Hamilton Gualberto.

O presidente da Federação Paraense de Futebol, Antônio Carlos Nunes de Lima, preferiu não falar sobre o caso, alegando que ainda não foi notificado oficialmente sobre o assunto.

Sobre o caso

A medida movida pelo Castanhal tem base no convite feito pela Federação Paraense de Futebol ao time do Cametá, em 2009. Na época, o time participou da seletiva para a primeira fase, mas não se classificou. No entanto, com a desistência do Pinheirense, o Cametá foi convidado pela federação a participar do campeonato, onde conquistou o campeonato da primeira fase.

Na época a Tuna Luso alegou que o título do Cametá era ilegal, já que o time entrou no campeonato a convite da federação e não por classificação. A disputa chegou ao interesse do Castanhal, que também alega que o Cametá está ilegal no campeonato, no entanto, caso o Castanhal consiga a aprovação de sua liminar, o Cametá será desclassificado, enquanto o Castanhal, que estava fora da disputa, sobe no ranking e se classifica para o campeonato Paraense deste ano.
por: Diário do Pará

Paraense lidera reconstrução

Coronel comanda 1.300 brasileiros que abrirão estradas e ajudarão a construir usina



Dos 1.300 militares brasileiros que estarão sob o comando do coronel paraense Ajax Porto Pinheiro no Haiti, a partir do próximo dia 28, 250 terão como missão específica ajudar na reconstrução do País. Eles integram o grupamento de engenheiros militares da Minustah, a missão da Organização das Nações Unidas para a estabilização do Haiti. O tremor da última terça-feira, 12, destruiu pontes e bloqueou estradas de acesso a Porto Príncipe, a capital. Também foram danificadas as estruturas de comunicações, abastecimento de água e transmissão de energia para vários pontos da cidade. Entre as tarefas dos brasileiros, está a perfuração de poços artesianos nos bairros pobres da capital.
O comandante das tropas brasileiras, que é natural de Bragança, no Pará, afirma que há mais de um ano o número de engenheiros militares que integram as tropas brasileiras no Haiti subiu de 100 para 250 homens. 'Estes soldados atuam na construção de pontes, abertura de estradas e ampliação da rede de energia. Agora o trabalho maior será de reconstrução da cidade, na desobstrução e reconstrução das estradas que foram destruídas pelo terremoto, e na perfuração de poços artesianos', afirmou o coronel Ajax, em entrevista por telefone concedida ontem ao jornal Amazônia. Os militares brasileiros também auxiliarão na construção de uma usina hidrelétrica.
Ajax está no Rio de Janeiro e se prepara para embarcar no próximo dia 18 para Porto Príncipe. O paraense assumirá o comando do Batalhão da Infantaria de Força de Paz na capital haitiana no dia 28 de janeiro e permanecerá no país até agosto...

Leia o restante da reportagem no endereço: http://www.orm.com.br/amazoniajornal/

Zilda Arns morre em terremoto no Haiti

Rapidinhas do Henrique Amado

por Henrique Amado
AMADORISMO

- Os dirigentes da FPDA (Federação Paraense de Desportos Aquáticos) podem alterar a data de início do Torneio Livre de Natação, até aqui marcado para os dias 5 e 6 de fevereiro, no parque aquático da Esef (Escola Superior de Educação Física). Isso porque os clubes estão retornando aos treinos somente a partir do dia 19, e a competição pode ser remarcada para depois do carnaval. A inscrição custa R$ 25. O congresso técnico do torneio será realizado na academia Corpo em Forma, no dia 5, às 19h.

- O atleta Yuri Costa, da Adesef, considerado melhor nadador do Pará, recebeu um convite do São Caetano-SP. O Yuri, já fez parte da equipe da Unisanta (Universidade Santa Cecília), de Santos/SP, e ao que tudo indica deve permanecer na Adesef.

quinta-feira, 14 de janeiro de 2010

Tribunal adia julgamento de pleito feito por Tuna e Castanhal

O Tribunal de Justiça Desportiva (TJD) do Pará adiou o julgamento do pedido de Castanhal e Tuna Luso. Os clubes defendem que a participação do Cametá no Campeonato Paraense 2010 é ilegal. Apesar das reclamações dos advogados do Japiim, Hamilton Gualberto, e da Lusa, Humberto Lobato, o relator do processo, Antônio Carlos Nascimento, comunicou, por volta das 19 horas de ontem, o pedido de diligência feito pelo vice-presidente do Tribunal, Antônio Barra Brito. Com isso, mais informações sobre o caso serão coletadas antes da definição da nova data do julgamento.
Assim, o TJD garante o início da etapa de elite do Campeonato Paraense sem a interferência do 'tapetão'. O advogado Hamilton Gualberto prometeu recorrer. 'O Tribunal agiu com coerência, mas vou entrar com uma ação cautelar para a suspensão do início da segunda fase do campeonato', antecipou Gualberto, sem comunicar se a medida será oficializada ainda hoje. No entanto, a diligência determina que representantes de todos os dez clubes que participaram da primeira fase do Estadual sejam ouvidos - Castanhal, Ananindeua, Vila Rica, Sport Belém, Time Negra, Cametá, Bragantino, Santa Rosa, Tuna e Independente.
Com o andamento do processo, a defesa do Castanhal espera que o Cametá - campeão da primeira fase do Parazão 2010 - perca os pontos conquistados na etapa. Desta forma, o Japiim seria o contemplado com a vaga para a divisão de elite. A diretoria da Tuna, no entanto, estima que o time cametaense seja eliminado e toda a primeira fase termine anulada pelo TJD, o que seria pouco provável, de acordo com fontes do Tribunal. Só assim a Lusa teria chances de retornar à etapa mais importante da competição. Para o advogado do Cametá, André Cavalcante, dificilmente a primeira fase será anulada: 'Esta foi uma decisão adequada. Será muito complicado anular a primeira fase com a segunda em andamento.'
O Cametá disputou a etapa preliminar da primeira divisão porque o Pinheirense, vice-campeão da Segundinha, desistiu da elite por falta de recursos - a prioridade seria manter o time feminino na Copa do Brasil. Desta maneira, a Federação Paraense de Futebol (FPF) convocou o time cametaense - 3º colocado da segunda divisão -, alegando critério técnico, o que é contestado pelos advogados de Castanhal e Tuna. Eles afirmam que, na verdade, o Cametá entrou na vaga por meio de convite, processo vetado pelo Estatuto do Torcedor.
fonte: Amazônia Jornal - Edição de 14/01/2010

quarta-feira, 13 de janeiro de 2010

Rainha das Rainha do Carnaval 2010


Tuna Luso e agrônomos apresentam candidatas

Mais duas candidatas ao título de Rainha das Rainhas do carnaval 2010 foram apresentadas na noite de ontem. Aline Siqueira, 20, é a rainha da Associação dos Engenheiros Agrônomos do Pará (Aeapa) com 1,75m e 50 quilos, e Jussara Inês Trevisan, 20, é a representante da Tuna Luso Brasileira, onde as duas candidatas foram apresentadas na sede social.
A candidata da Tuna, Jussara Trevisan, diz que está preparada para levar o título para o clube. Ela se diz lisongeada em participar do concurso e considera o Rainha 'glamouroso e importante, que já faz parte da história do Pará'. Jussara cursa gestão empresarial e gosta de dançar e se reunir com amigos. Seu esporte preferido é a patinação. Com 1,73m, a candidata da Tuna está malhando muito para chegar no dia do Rainha com muita força e energia.
Além de familiares e convidados, participaram da apresentação das candidatas os diretores dos dois clubes, e representantes dos patrocinadores. A Esmaz vai presentear a Rainha das Rainhas e também as quatro princesas com bolsa de estudos integral para o curso que as vencedores forem aprovadas. A agência de viagens Reinatur, representada por Ted Wilson, vai dar para a Rainha de 2010 uma viagem a Paris; para a 1ª princesa uma viagem a Portugal; a 3ª vai viajar para o Rio de Janeiro; e a 4ª ganha passagem para Fortaleza (CE), todas com acompanhantes.
O concurso, organizado pelo coluista Adenirson Lage e pela professora e coreógrafa Clara Pinto, é uma promoção das Organizações Romulo Maiorana (ORM), com apoio dos jornais O Liberal e Amazônia, da TV Liberal, das rádios Liberal CBN, Liberal AM e FM, e do Portal ORM.

fonte: O Liberal

segunda-feira, 11 de janeiro de 2010

Rapidinhas do Henrique Amado

por Henrique Amado

- A técnica do time feminino da Tuna, Aline Costa, esteve recentemente fazendo um curso de especialização para treinadores de futebol no Rio de Janeiro e tirou nota 10.

- Na primeira classificatória do Certame Paraense de Xadrez de 2010, Paulo Cohen foi primeiro; Bruno Santiago, segundo e Yuri Lobo, terceiro. Já estão com vagas garantidas na competição. O torneio aconteceu no último domingo, sob organização da Fexpa.
- A Fexpa (Federação de Xadrez) promoverá no próximo fim de semana, uma programação especial no hall de entrada no shopping Castanheira, com oficinas, torneios e palestras. No sábado vão rolar palestras a partir das 10h sob o comando de Lauzeniro Andrade, Clauber Martins, Yuri Lobo e João Paulo Mendes. As palestras custam R$ 2,00 por pessoa, na seqüência vai rolar a 2ª classificatória do certame estadual desta temporada, o valor da inscrição é R$ 10,00. E no domingo vai rolar a 3ª classificatória do certame estadual. Detalhes pelos 3248-6213 e 8133-5412.

- Egberto Gatinho, ex-técnico do Bragantino foi convidado pelo presidente da Fefuspa (Federação de Futebol de Salão), Paulo José para assumir a direção técnica, ele aceitou e já está a frente do cargo. O calendário desta temporada tem ao todo 36 eventos, dentre eles o máster feminino e o intermunicipal modulado que são novidades. E em fevereiro a Fefuspa terá seu próprio site.
- Quatro caratecas do Pará, membros da delegação brasileira, viajaram no último sábado a Pucón, no Chile, para participarem do seminário internacional que começou no último domingo e vai até o próximo dia 16. Os atletas são José Ribamar Pereira, Simone Pereira, Gabrielly Lobo e Leonardo Brígida. Os trabalhos serão ministrados pelos sensei Manabu Murakami, Hernan Beltran e Fumitoshi, filho de Kancho Kanazawa. O seminário também contará com a presença de caratecas do Chile, Venezuela, Argentina e Inglaterra.

- A FPDA está convocando todos os clubes filiados para a reunião que será realizada hoje, às 20h, para definição do calendário do ano, discutir pendências financeiras de 2009 (são muitas) e outros eventos nacionais. A presença de técnicos e dirigentes é importante.

- A decisão do campeonato masculino de vôlei de 2009, entre Tuna e AP, sem data marcada pela FPV.

domingo, 10 de janeiro de 2010

Participe do blog da ATAT

Você gostaria de participar do blog da ATAT?
Então, basta enviar uma matéria ligada ao esporte ou sobre algum atleta em especial para o e-mail gerardo.monteiro@gmail.com fazendo referência ao autor e se possível acompanhada de fotos para melhor ilustrá-la.
Aguardamos por sua matéria e participação!

Atletas poderão eleger o próximo presidente da CBR.


O Presidente da CBR, Sr. Wilson Reeberg, deu um novo passo na transformação do Remo Brasileiro. Ontem o jornal O Globo, do Rio de Janeiro, anunciou que o estatuto da Confederação Brasileira de Remo deve ser alterado e o sistema das eleições para presidente da entidade também. As participações em Campeonatos Brasileiros devem dar condições de votos aos atletas e aos clubes. Com isso, é esperado um maior número de inscrições na Competição Nacional.
Entendemos que democratizar o Remo Brasileiro é maravilhoso, mas as novas regras devem ser feitas com muito cuidado. Em um passado recente, atletas votavam para presidente de um clube no Rio de Janeiro e em ano de eleições eram federados cerca de 300 pessoas há mais em busca de condição de voto. Hoje, nesse mesmo clube, só votam atletas laureados. A Federação de atletismo se defendeu dessa estratégia, colocando para votar apenas os donos dos melhores resultados no ano. Parece perfeita a idéia.
O Comitê Olímpico Brasileiro que tem o seu presidente eleito pelos presidentes das Confederações, não comentou as futuras mudanças da Confederação Brasileira de Remo e da Confederação Brasileira de Atletismo.

quinta-feira, 7 de janeiro de 2010

Rapidinhas do Henrique Amado

por Henrique Amado

AMADORISMO
- O ala Jotinha, 19, que disputou o certame estadual de futsal pela Esmac e Grêmio, de São Domingos do Capim, campeão da série Ouro e Prata se transferiu para o Minas Tênis, de Minas Gerais. Ele aceitou a proposta do clube mineiro e vai jogar ao lado do também paraense Dieguinho, ex-Remo. Jotinha, foi revelado na divisão de base do Remo, se transferiu para a Esmac, onde se tornou um dos destaques do clube. Para suprir sua ausência, o técnico Élcio Souza pediu a contratação de Mauricinho, ex-Paysandu vinculado ao Grêmio, de São Domingos do Capim.
- A Fefuspa, Federação de Futebol de Salão do Pará abriu o prazo de inscrições para o curso de formação de árbitros, elas podem ser feitas até o dia 13 do mês que vem, na própria sede da Fefuspa que fica na Rua Mundurucus, n° 3581. Tel.: 3249 – 24 04. O curso terá a duração de 2 meses e começa no dia 18 de fevereiro. O custo total é de R$ 150,00, sendo R$ 75,00 ao se inscrever e mais R$ 75,00 até o dia 15 de fevereiro.
- Já está em andamento à reforma da quadra do Paysandu em que a SEJEL com o apoio da Federação de Handebol e com a emenda do Vereador Vandick Lima está realizando, a primeira etapa deverá ser concluída até o próximo dia 20, e em fevereiro encerrada. Seria interessante da parte de todos supervisionar esta obra, pois, trata-se de recursos público e tem que ser bem utilizado. E por falar nisso, quando será feita alguma reforma no largado ginásio Miranda Sobrinho? Com a palavra o presidente da Tuna, Sr. Fabiano Bastos!

quarta-feira, 6 de janeiro de 2010

Rapidinhas do Henrique Amado

por Henrique Amado

- A atleta do nado sincronizado do Remo, Richele Mendes, pode ir para o Flamengo ainda neste ano.

- Na última semana de dezembro foi disputado o 19º Torneio Brasileirinho Sub-11, 13 e 15 de Futsal em Cascavel-PR, o Pará teve como o representante o COPM que seu deu muito bem conquistando dois terceiros lugares com as equipes sub-11 e sub-13 e o vice-campeonato com a equipe sub-15. A competição teve a participação de equipes do Paraná, Rio Grande do Sul e Amazonas. Os times do COPM são formados por atletas vindos de Mãe do Rio, Paragominas e Ulianópolis por meio das peneiras realizadas pelo técnico Davi Leal.

- No primeiro domingo de 2010 ocorreram, na sede campestre do Casota, as finais do 3° Torneio de Futebol Metropolitano Interclubes com os times sub-13 e sub-15 do COPM conquistando os títulos. No sub-13, o COPM fez 1 - 0 sobre o Casota, gol marcado por Bruninho a um minuto do final. No sub-15 bastou o empate com a AABB em 0 - 0.

terça-feira, 5 de janeiro de 2010

Tuna Luso e Castanhal entram com ação no TJD contra classificação do Cametá

Tuna Luso e Castanhal entraram na última segunda-feira com uma ação declaratória no pleno do Tribunal de Justiça Desportiva esperando que o órgão declare como irregular a participação do Cametá na 1ª Fase do Campeonato Paraense de 2010, certame aliás, que o Cametá sagrou-se campeão, mas que disputou como convidado pela Federação Paraense de Futebol.
A medida tem como objetivo final a inclusão de um dos dois times na fase principal do Parazão, que tem data de início marcada para o dia 16. A tendência é que a ação dos dois clubes seja julgada na próxima segunda-feira, e em caso de vitória no tribunal de Castanhal ou Tuna, o campeonato começaria com atraso.
Para o advogado do Castanhal, Hamilton Gualberto, a ilegalidade da participação do Cametá na 1ª Fase do Parazão está no fato de o clube ter disputado a 'Segundinha' e não se postular entre as duas melhores equipes naquela ocasião.
'Duas equipes subiram da segunda divisão: o Santa Rosa e o Independente, que se classificaram por índice técnico. O Cametá foi convidado, mas não poderia haver uma terceira equipe disputando', explicou o advogado. Segundo o Artigo 10 do Estatuto do Torcedor, parágrafo segundo, nenhum clube pode participar de competição oficial por outro critério que não o índice técnico, especialmente o convite.
Gualberto explica também que, caso o Tribunal julgue procedente a ação do time da Cidade Modelo, os pontos e partidas disputadas pelo Cametá serão desconsiderados, o que abrirá caminho para o Castanhal se classificar, à frente da própria Tuna. 'As partidas disputadas pelo Cametá deixariam de existir e quem somou pontos com vitórias ou empates diante deles, perderia estes pontos. Como o Castanhal perdeu para o Cametá, continuaria com o mesmo número', disse Gualberto, lembrando que a Tuna, que empatou, perderia um ponto e ficaria atrás do Japiim pelo índice técnico. Outro desfecho do caso seria a anulação completa da 1ª Fase do Parazão. 'Mas creio que esta é a solução mais distante', finalizou Gualberto.
fonte: Amazônia Jornal - Edição de 06/01/2010

Rapidinhas do Henrique Amado

por Henrique amado (ha.caixa08@gmail.com)

AMADORISMO


Presidente
Luiz Eduardo Motta Pinho

Email:EduardoPinho@fpaju.com.br


- A Federação de Judô premiou os 36 atletas classificados em primeiro em suas respectivas classes de idade e categoria, com base no ranking de 2009, dezesseis judocas foram promovidos para faixa preta, também foi premiado o clube do ano. Confira a lista:
Sub-13 feminino: Camila Ketelem Batista (Sejel)
Sub-13 masculino: Gabriel Rodrigues Santiago (Dom Quixote)
Sub-15 feminino: Joana Stefani da Silva (Esmac)
Sub-15 masculino: Luiz Augusto Nogueira Filho (Esmac)
Sub-17 feminino: Franciane Barbosa Azevedo (Esmac)
Sub-17 masculino: Geraldo Magela Costa (Esmac)
Sub-20 feminino: Sabrina Vilhena (APJ)
Sub-20 masculino: Renard Rodrigues Soares Jr. (Pará Clube)
Destaque sub-20: Yasmim Moreira de Souza (Clube Veleiro)
Sênior feminino: Alleni dos Reis Osório (A. Agostinho Maciel)
Sênior masculino: Reinaldo Ribeiro da Costa (Esmac)
Destaque sênior: Lucas Lisboa Pinho (Pará Clube)
Master feminino: Kátia Maria Sombra da Silva (Esmac)
Master masculino: José Augusto Baeta e Silva (A. Baeta)
Clube: IFPA
Técnico: Gervásio Leão
- A Federação de Vôlei transferiu para o mês de março o curso de formação de árbitros. O motivo foi o baixo número de inscritos. Até o momento há somente 15 pedidos. O curso será ministrado pelo árbitro Hugo Montenegro, membro da Cobrav, no período de 2 a 30 de março.

segunda-feira, 4 de janeiro de 2010

Rapidinhas do Henrique Amado

por Henrique Amado (ha.caixa08@gmail.com)



AMADORISMO

- O ciclista castanhalense Geraldo Souza, de 29 anos, da equipe de Americana, SP, venceu a X Copa América de Ciclismo, realizada no último domingo, no autódromo de Interlagos, em São Paulo. O favorito, o argentino Edgardo Simon ficou em segundo, e Raphael Serpa, em terceiro lugar. A prova teve a participação 124 atletas em 80 km.

- O presidente do Fepar (Federação Paraense de Remo), Flávio Acatauassu, confirmou a Tuna como campeã da temporada de 2009 após desconsiderou dois dos três recursos do Paysandu, que pretendia melar o campeonato. O Paysandu promete recorrer ao tribunal da CBR (Confederação Brasileira de Remo).
Jacyntho Campina (ex-diretor náutico) e Mário Mangas (colaborador da garagem) foram parte decisiva na conquista do título de 2009.
- Ainda falando de Remo, a Confederação Brasileira realizará nos próximos dias 17/18 em sua sede, no Rio de Janeiro, uma reunião de Assembleia Geral Extraordinária para votação do projeto do novo estatuto. Mas a Fepar está for a por não atender às exigências normativas da confederação.
O atual secretário da Fepar, Haroldo Lopes Ribeiro, assumirá a presidência, porém, Remo, Paysandu e Tuna não aceitam.

- A Ascorp (Associação dos Corredores do Pará) realizou no fim de 2009 a Corrida Vítor Costa, competição disputada em quatro quilômetros pelas ruas do bairro do Guamá. Saída e a chegada foram frente à sede da Ascorp, na Avenida Barão de Igarapé-Miri. Cerca de 230 atletas participaram. No masculino, que teve a maior participação de corredores, Manoel Gonçalves, do Imperial venceu com o tempo de 12min9s, Renato Alves foi o 2º e Luiz Vanderley, da Sejel, foi o 3º. Entre as mulheres, Edna Maria, do Imperial conquistou sua 4ª vitória consecutiva na última temporada ao vencer com a marca de 13min41s, Suzanira Brito, da Ascorp/Pará Clube, foi a 2ª e Rythellen Dias (Sejel) foi a 3ª.

- O presidente da Fefuspa (Federação de Futebol de Salão do Pará), Paulo José, informou que a festa dos melhores do ano de 2009 será realizada apenas em abril, junto às comemorações de 22 anos de atividade da Fefuspa. Em 2009, o clube de destaque foi a Esmac, campeã em seis categorias das 12 promovidas pela Fefuspa. Ganhou Sub 9, 17 e 20; Feminino Adulto; Masculino Adulto e Torneio Adulto Bené Aguiar.